terça-feira, 29 de novembro de 2011

Maravilhoso Jesus Marcos 15:46



Descanso sabático para o Salvador

Então José comprou um lençol de linho, baixou o corpo da cruz, envolveu-o no lençol e o colocou num sepulcro cavado na rocha. Depois, fez rolar uma pedra sobre a entrada do sepulcro. Marcos 15:46, NVI.

Isaías profetizou acerca de Jesus: "Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios, e com os ricos em sua morte, embora não tivesse cometido nenhuma violência nem houvesse nenhuma mentira em sua boca." (Isaías 53:9, NVI). Quão estranha essa previsão deve ter soado para aqueles que a leram durante os seguintes 700 anos! Se o Servo sofredor de Deus devia ser contado com os transgressores, como Ele poderia ser enterrado entre os ricos?

Mas foi assim que aconteceu na morte de Jesus. Apesar de ter morrido como um criminoso, executado na cruz entre dois ladrões, Seu corpo foi colocado no sepulcro novo de um homem rico. José de Arimatéia, um príncipe dos judeus, corajosamente pediu a Pilatos que lhe fosse dado o corpo de Jesus. O governador, surpreso ao saber que Jesus já estava morto, chamou o centurião para confirmar a informação. Então ele deu a José de Arimatéia permissão para retirar o corpo de Jesus da cruz e sepultá-Lo.

Nicodemus se juntou a José no enterro. Esses dois homens eram membros do Sinédrio, mas o Conselho, detectando suas simpatias para com Jesus, propositalmemente os excluíram das deliberações daquela sessão, convocada às pressas, que havia condenado Jesus na noite anterior. Durante três anos José e Nicodemos haviam acompanhado os ensinamentos e o ministério de Jesus, atraídos a Ele, mas não completamente prontos a assumir uma posição pública a favor dEle. Nicodemos havia procurado Jesus à noite, desejando falar com Ele, mas com vergonha de que seus colegas viessem a saber.

Que estranha reviravolta nos acontecimentos! Os discípulos, que tinham estado com Jesus por três anos ou mais, que haviam declarado sua fidelidade à Ele, ficaram desolados com a Sua morte. Eles fugiram dEle no Jardim Getsêmani; suas últimas esperanças se dissiparam quando Ele morreu na cruz. Mas os dois príncipes Judeus, que mantiveram a sua admiração por Ele em silêncio, se apresentaram para enterrar Jesus, sabendo que ao fazê-lo eles estavam excluindo a si mesmos do Sinédrio.

Então, Jesus repousa após o Seu árduo e difícil dia. Seu corpo, machucado e dilacerado, esfriou e endureceu. Envolto em um lençol de linho trazido por José, Ele dormia o sono da morte no túmulo novo cavado na rocha. Uma grande pedra, rolada para a boca da caverna, trancou-O lá dentro – para sempre, assim esperavam os Seus inimigos.

Dorme, Salvador do mundo. Assim como uma vez você dormiu numa manjedoura com Maria ao seu lado, dorma agora, após ter concluído o Seu trabalho, enquanto anjos cuidam de você.

ORAÇÃO

Meu querido Salvador, assim como José de Arimatéia e Nicodemos, eu também quero expressar publicamente o meu amor por Você por meio de palavras e ações corajosas.

Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Hotel Abraão

  Devocional Diário Hotel Abraão Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. Gênesis 21:33 Um c...