terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Maravilhoso Jesus- Lucas 2:40


Ser diferente
Crescia o menino e se fortalecia, enchendo-se de sabedoria; e a graça de Deus estava sobre ele. Lucas 2:40

É difícil ser diferente.

Detestamos chegar a um encontro social vestindo trajes esportivas e descobrir que todas as demais pessoas estão vestidas à rigor, ou ser o único de terno e gravata quando os outros se vestiram de forma esportiva. As crianças não gostam de ser diferentes. E os adolescentes, mais ainda, procuram ser semelhantes aos colegas.

Jesus era diferente. Ele atravessou os tumultuosos anos da adolescência, quando as modas e as pressões da vida trazem incerteza, conflitos e sensações de inadequação, permanecendo diferente dos Seus colegas.

Ele era diferente dos próprios irmãos e irmãs. A Escritura menciona os nomes dos Seus irmãos – Tiago, José, Judas e Simão (Marcos 6:3). Eles eram meio-irmãos, provavelmente filhos de José, esposo de Maria, através de um anterior casamento. Pelo fato de José ser o pai legal de Jesus, mas não seu pai natural, Jesus não tinha laços de sangue com esses outros membros da família.

As diferenças, entretanto, eram muito mais profundas. Lemos que muitos anos mais tarde os irmãos de Jesus Lhe disseram como Ele deveria conduzir o Seu ministério (João 7:3-8). O diálogo revela a falta de compreensão e as tensões que devem ter ocorrido na infância de Jesus por conta da rivalidade entre irmãos. Noutra ocasião Seus irmãos tentaram intervir em Seu ministério: “Quando seus familiares ouviram falar disso, saíram para trazê-lo à força, pois diziam: ‘Ele está fora de si’ ” (Marcos 3:21 NVI).

“Jesus não foi compreendido por Seus irmãos porque Ele não era como eles,” escreve Ellen White. “O Seu padrão não era o padrão deles... O exemplo de Jesus era para eles uma contínua irritação. Ele odiava apenas uma coisa no mundo, e esta era o pecado” (O Desejado de todas as nações, p. 88).

O lar, que deveria ser um refúgio de aceitação e segurança, com freqüência é um lugar de mesquinhez e crueldade. Os irmãos podem ser inconseqüentes ou propositalmente descorteses, invejosos da aprovação paterna, criativos em causar pesar para um irmão ou irmã sensíveis. As injustiças da infância, reais ou imaginárias, deixam cicatrizes profundas e afastam a pessoa adulta de Deus e da igreja. Rivalidades e maldades vão fermentando ao longo dos anos e finalmente explodem em ira e ódio.

O lugar mais difícil de ser diferente é em casa, mas é ali que a religião é mais autêntica. Muitos pregadores famosos fracassam na esfera doméstica. Foi no ambiente da Sua família que Jesus cresceu em amor, fé e conhecimento da vontade do Seu Pai.

ORAÇÃO

Senhor ajuda-me a ser paciente com os membros da minha família assim como sou compreensivo para com outras pessoas. Em nome de Jesus. Amém.

Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Imagens da igreja

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  17 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/imagens-da-igreja/ Imagens da igreja Ele é como...