quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Maravilhoso Jesus- Filipenses 2:5-7


A pirâmide da vida
Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. Filipenses 2:5-7 NVI

De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
O Wall Street Journal é o periódico mais influente do mundo. Dezenas de milhares de executivos e advogados de empresas chegam a seus escritórios cada dia, fecham a porta e abrem aquele jornal. Eles não fazem nada sem primeiro averiguar a mensagem do jornal para o dia.

Alguns anos atrás, um estudante de teologia, Carnegie Samuel Callian, procurou descobrir o segredo da preferência do público americano por aquele periódico. Ele entrevistou dezenas de homens de negócios; passou tempo com os editores do jornal, sondando a sua filosofia. Do estudo surgiu um livro, O evangelho segundo o Wall Street Journal.

“Em minhas entrevistas, um executivo industrial falou sem rodeios, ‘Todos estão nos negócios para ganhar dinheiro... Não existe confiança quando as coisas vão mal... Quando as coisas vão bem as pessoas são generosas’. Ele ainda acrescentou, ‘Sim, existe a necessidade de um certo grau de confiança... mas a garantia é a base de qualquer crédito. O dia de acordos de cavalheiros acabaram’.

“Outro gerente, ao descobrir que eu era um teólogo estudando práticas de negócios, me chamou à parte para algumas lições sobre a dura realidade da vida. ‘Sabe,’ disse ele, ‘na vida você precisa pensar em vencer – se você quer ser um perdedor, então seja um “bom rapaz” como os professores, ministros e assistentes sociais’.

“Ele também achava que a confiança é um luxo em nosso mundo. Porque se a confiança que você deposita em uma pessoa é destruída, você é um perdedor. ‘quando você aprende como perder,’ disse ele, ‘você aprende a compensar uma perda com uma vitória. Perdas são um aprendizado, vencer é o nosso diploma. Eu não acredito em perdedores; eu transformo qualquer pessoa num vencedor’.

“O gerente que eu estava entrevistando era, por sinal, um ativo freqüentador de igreja, mas tinha decidido há muito tempo que o mundo da igreja e dos negócios eram completamente diferentes. Tentar integrar esses mundos é um exercício totalmente inútil. ‘Na realidade,’ disse eçe, ‘se você me perguntar como ser um Cristão nos negócios a minha resposta é que não é possível, pois você não irá sobreviver ’ (p. 52).

Para muitas pessoas que ajustam o compasso de sua vida pelo Wall Street Journal a vida é uma pirâmide – uma pirâmide em que as pessoas lutam, empurram e pisam umas sobre as outras a fim de chegar ao topo.

Mas Jesus Cristo inverteu a pirâmide da vida. No seu reino o sucesso é medido pelo que se dá e não pelo que se recebe; por ajudar aos outros e não por governar sobre eles. E Ele sozinho está no ápice desta pirâmide invertida, suportando o peso dos fardos do mundo sobre Seus ombros.
Que tipo de pessoa quero ser hoje?

ORAÇÃO
Pai nosso, ajuda-me a entender os princípios que regem o teu reino; princípios diferentes daqueles que regem este mundo. Ensina-me a ser como Jesus, a viver para servir. Amém.

Autor: William G. Johnsson

Um comentário:

Ser ou usar

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 21 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/ser-ou-usar/ Ser ou usar Cuidemos também de nos ...