sexta-feira, 21 de junho de 2024

Penélope

 Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
21 de junho
https://mais.cpb.com.br/meditacao/penelope/

Penélope

Portanto, irmãos, sejam pacientes até a vinda do Senhor. Eis que o lavrador aguarda com paciência o precioso fruto da terra, até receber as primeiras e as últimas chuvas. Tiago 5:7


Homero, um poeta grego antigo, é conhecido por duas obras que ficaram famosas na Antiguidade: a Ilíada e a Odisseia. Esta última conta as aventuras e desventuras da viagem de Ulisses, também chamado Odisseu, o rei de Ítaca que partiu para a Guerra de Troia e deixou sua esposa, Penélope, à espera de seu retorno. Mas a ausência durou 20 anos e, durante todo esse tempo, Penélope manteve-se fiel ao seu amado, mesmo quando enfrentou inúmeros pretendentes que queriam se casar com ela. Para mantê-los afastados, ela prometeu que se casaria com um deles apenas quando terminasse de tecer um sudário. Mas, na verdade, ela desfazia o trabalho à noite, mantendo a esperança de que o marido voltasse.

O que teria motivado Penélope a esperar tantos anos? Especialistas em sua história afirmam que a primeira virtude que ela cultivou foi a memória. Para manter vivo o amor pelo marido, ela se lembrava constantemente dos momentos que passaram juntos e da vida que tinham antes de sua partida. Além disso, Penélope manteve-se pura, colocando a força de seu amor acima de quaisquer emoções ou interesses. No final, ela ficou com o sudário, mesmo que não fosse o do marido, mantendo a esperança de que ele estivesse vivo e voltasse para casa – o que, de fato, aconteceu.

Assim como Penélope, somos chamados a esperar pacientemente pelo retorno de Jesus. A história dela nos ensina três características que devemos cultivar para nos mantermos firmes em momentos de dúvida ou impaciência. Em primeiro lugar, devemos manter viva a memória de Jesus, por meio da leitura da Bíblia e da herança dos que nos precederam na fé. Em segundo lugar, devemos evitar aquilo que não fortalece nossa identidade cristã, mantendo-nos puros e fiéis aos valores de Deus. E, por último, devemos tecer o tempo com esperança, mantendo a certeza de que Cristo está vivo e voltará em breve.

Decida manter a memória de Jesus em seu coração, seja sempre puro em suas escolhas e conserve a esperança da segunda vinda em sua mente. Cristo logo voltará, e a recompensa com Ele virá. É só um pouco mais, e abraçaremos nosso Redentor. Toda a espera terá valido a pena.
●●●

Nenhum comentário:

Imagens da igreja

  Devocional Diário  Vislumbres da eternidade  17 de julho https://mais.cpb.com.br/meditacao/imagens-da-igreja/ Imagens da igreja Ele é como...