domingo, 9 de junho de 2024

Citius, altius, fortius… optimus

 Devocional Diário

Vislumbres da eternidade
9 de junho
https://mais.cpb.com.br/meditacao/citius-altius-fortius-optimus/

Citius, altius, fortius… optimus

É bom ser sempre zeloso pelo bem […]. Gálatas 4:18


Em 1896, o barão Pierre de Coubertin apresentou o discurso que deu início aos Jogos Olímpicos da Idade Moderna, propondo a frase “Citius, altius, fortius” como emblema dos jogos. Essa expressão, que significa “Mais rápido! Mais alto! Mais forte!”, incentiva a superação e a busca pelo máximo em todas as áreas da vida. Desde então, ela tem acompanhado milhares de atletas em sua busca pela excelência. No entanto, em uma competição, não é apenas o desempenho que importa, mas também o espírito de bondade e solidariedade.

Um exemplo disso aconteceu nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, durante a prova de 5 mil metros femininos. As atletas Nikki Hamblin, da Nova Zelândia, e Abbey D’Agostino, dos Estados Unidos, caíram durante a corrida. Em vez de continuar o percurso e buscar sua própria vitória, Abbey decidiu ajudar Nikki a se levantar e prosseguir a corrida junto com ela. Mesmo com a dor de uma lesão, Abbey não parou, pois agora Nikki a incentivava a seguir em frente, e ambas cruzaram a linha de chegada abraçadas. Essa demonstração de bondade e solidariedade é o que torna o espírito olímpico verdadeiramente inspirador.

O superlativo de “bom” em latim é uma palavra irregular, talvez porque a bondade seja algo raro e, por isso, mereça uma palavra especial. Essa palavra é “optimus”, que significa “o melhor do melhor”. O que Abbey e Nikki fizeram foi verdadeiramente “optimus”, colocando o que realmente importa em primeiro lugar: a bondade, a solidariedade e a empatia.

Em um mundo competitivo, como o que vivemos hoje, é fácil perder o foco do que realmente importa. É comum investirmos tempo e energia no trabalho, nas posses e em outros compromissos, mas é importante lembrar que o que realmente importa é sermos as melhores pessoas que pudermos ser. Isso significa sermos excelentes em nossas atividades mas também sermos bondosos, solidários e empáticos com os outros.

Como cristãos, somos chamados a buscar a excelência em tudo o que fazemos, mas também a colocar em primeiro lugar os valores que Jesus nos ensinou, como o amor ao próximo, a bondade e a solidariedade. Pela graça de Deus, sejamos mais do que bons, sejamos “optimus”.
●●●

Nenhum comentário:

O melhor argumento

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 14 de junho https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-melhor-argumento/ O melhor argumento Assim é a...