quinta-feira, 16 de maio de 2024

1729

 Devocional Diário 

Vislumbres da eternidade 

16 de maio

1729

Quanto a mim, eu buscaria a Deus e a Ele entregaria a minha causa. Deus faz coisas grandes e insondáveis, maravilhas que não se podem enumerar. Jó 5:8, 9

Um dos melhores matemáticos do século 20 foi Srinivasa Aiyangar Ramanujan. Ele nasceu no dia 22 de dezembro de 1887, em Madras, de uma família tradicional da Índia. Desde cedo, Ramanujan mostrou uma incrível facilidade para os números, apesar de não gostar muito de frequentar a escola. Com muito esforço e dedicação, ele se tornou um dos matemáticos mais renomados da Universidade de Cambridge. Foram inúmeras as equações que Ramanujan desenvolveu e resolveu ao longo de sua vida, mas uma das mais fascinantes está vinculada ao “número taxicab”.

Godfrey Harold Hardy, um matemático britânico, visitou Ramanujan em um hospital e, para estabelecer uma conversa, mencionou que havia chegado em um táxi de número 1729, achando que isso fosse irrelevante. No entanto, Ramanujan discordou e explicou que aquele número era muito interessante, pois era “o menor número que se pode expressar como a soma de dois cubos positivos em ‘n’ ou mais maneiras diferentes”. E foi assim que o “número taxicab” ficou conhecido.

Ramanujan acreditava que “uma equação não faz sentido a menos que represente um pensamento de Deus”. Essa frase inspira o desejo de crescer e compreender a imensidão dos pensamentos divinos. Mesmo que não seja possível medir a criatividade de Deus, podemos vislumbrar um pouco de Sua majestade e anelar ser partícipes de Seus pensamentos. Ele não nos promete que vamos entender tudo, mas nos promete que vai participar de nossa história e nos ajudar a alcançar o verdadeiro sucesso.

Jó é um exemplo de confiança mesmo quando não compreendemos o que está acontecendo. Somos pequenos e limitados, mas, nas mãos de Deus, temos a promessa de que cresceremos exponencialmente para o infinito. Por isso, devemos entregar nossas causas a Ele, confiar em Seus pensamentos divinos e deixar que Ele nos conduza pelos caminhos que nos levarão à eterna felicidade.

Assim como Ramanujan, nós também devemos nos inspirar na imensidão da criatividade de Deus, confiar em Sua orientação e entregar nossas causas em Suas mãos. Dessa forma, alcançaremos aquilo que o Senhor tem reservado para nós.

https://mais.cpb.com.br/meditacao/1729/


Nenhum comentário:

Teoceno

  Devocional Diário Vislumbres da eternidade 24 de maio https://mais.cpb.com.br/meditacao/teoceno/ Teoceno Nós, porém, segundo a promessa d...