quinta-feira, 26 de maio de 2022

O ABRIGO EM MEIO À TEMPESTADE

 O ABRIGO EM MEIO À TEMPESTADE

Tu és o meu refúgio e a minha fortaleza, o meu Deus, em quem confio. Salmo 91:2

Anjos, querubins e serafins se prostram em santa reverência perante Deus. “Milhões de milhões e milhares de milhares” (Ap 5:11) de anjos circundam o trono e são enviados para ministrar aos herdeiros da salvação. Justiça e misericórdia são os princípios que governam o trono de Deus. Ele é chamado de trono da graça. Você deseja receber iluminação divina? Vá ao trono da graça! Você será atendido diretamente do propiciatório. O Pai e o Filho fizeram uma aliança para salvar o mundo por intermédio de Cristo. […] O arco-íris acima do trono é um sinal de que Deus, por intermédio de Cristo, Se compromete em salvar todos os que Nele creem. A aliança é tão certa como o trono, e Seu trono é estabelecido com justiça. Então, por que somos tão incrédulos, tão desconfiados? Por que duvidar com tamanha frequência e confiar em Deus com tanta inconstância? Sempre que nos achegamos ao trono divino para Lhe pedir misericórdia, podemos olhar para cima e contemplar o arco-íris da promessa, encontrando nele a certeza de que as nossas orações serão atendidas.

Contudo, que ninguém se iluda pensando que pode transgredir os mandamentos e ainda assim receber o favor de Deus. Justiça e graça andam lado a lado no governo divino. A lei não pode ser transgredida com impunidade. Justiça e juízo são a habitação do Seu trono. Em Cristo, a misericórdia e a verdade se encontraram. A justiça e a paz se beijaram. Foi o próprio Cristo quem entregou a lei no monte Sinai, e Ele não extraiu um jota ou til de suas exigências. Entregou a própria vida para expiar a humanidade da transgressão da lei e capacitá-la a obedecer a Seus preceitos. […]

Cristo conhece as provas do pecador. Conhece as suas tentações. Assumiu sobre Si a nossa natureza. Foi tentado em todas as coisas assim como nós e sabe como socorrer os que são tentados. Ele chorou e conhece as nossas tristezas. Experimentou todos os nossos lamentos. A todos que creem e confiam Nele, será como um esconderijo do vento e um Abrigo em meio à tempestade. Como homem, Cristo ascendeu ao Céu. Como homem é o substituto da humanidade. Como homem vive para interceder por nós. E está preparando um lugar para todos que O amam (The Signs of the Times, 10 de outubro de 1892).

PARA REFLETIR: Se Jesus é tocado por suas tristezas e dores, oferecendo-lhe abrigo em meio à tempestade, como você pode oferecer esse Abrigo para alguém que necessita dele hoje?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

26 de maio

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-abrigo-em-meio-a-tempestade/

Nenhum comentário:

O SOBERANO DO CÉU

   O SOBERANO DO CÉU Eu e o Pai somos um. João 10:30 Todo o Céu se alegrava em refletir a glória do Criador e celebrar Seu louvor. Enquanto ...