segunda-feira, 7 de março de 2022

O DIVINO EXEMPLO

 O DIVINO EXEMPLO

O Espírito Santo lhes ensinará, naquela mesma hora, as coisas que vocês devem dizer. Lucas 12:12

Os servos de Cristo serão conduzidos perante os poderosos do mundo, os quais, a não ser assim, talvez nunca ouviriam o evangelho. A verdade tem sido distorcida perante essas pessoas. Têm ouvido falsas acusações a respeito da fé dos discípulos de Cristo. Muitas vezes, a única maneira pela qual podem chegar ao conhecimento de seu verdadeiro caráter é o testemunho dos que são levados a julgamento por causa de sua fé. Sob interrogatório, é exigido que eles respondam, e seus juízes têm de escutar o testemunho apresentado. A graça de Deus será concedida aos Seus servos, para que possam enfrentar a emergência. “Naquela hora”, disse Jesus, “lhes será concedido o que vocês dirão. Afinal, não são vocês que estão falando, mas o Espírito do Pai de vocês é quem fala por meio de vocês” (Mt 10:19, 20). Quando o Espírito de Deus iluminar a mente de Seus servos, a verdade será apresentada em seu divino poder e preciosidade. Os que rejeitam a verdade se erguerão para acusar e oprimir os discípulos. No entanto, diante de preconceito e sofrimento, e mesmo da morte, os filhos do Senhor devem revelar a mansidão de seu divino Exemplo. Assim se verá o contraste entre os instrumentos de Satanás e os representantes de Cristo. O Salvador será erguido perante os governantes e o povo.

Os discípulos foram revestidos da coragem e força dos mártires apenas quando essa graça se tornou necessária. Então se cumpriu a promessa do Salvador. Quando Pedro e João testificaram perante o conselho do Sinédrio, as pessoas “admiraram-se; e reconheceram que haviam eles estado com Jesus” (At 4:13, ARA). Sobre Estêvão, está escrito que “todos os que estavam sentados no Sinédrio, fitando os olhos em Estêvão, viram o seu rosto como se fosse rosto de anjo” (At 6:15). Essas pessoas “não podiam resistir à sabedoria e ao Espírito, pelo qual ele falava” (v. 10). […]

Os servos de Cristo não deveriam se preocupar em preparar discursos para apresentar quando levados a juízo. Sua preparação deveria ser feita dia a dia, guardando na mente as preciosas verdades da Palavra de Deus e fortalecendo a própria fé por meio da oração. Quando levados a julgamento, o Espírito Santo lhes traria à memória exatamente as verdades que fossem necessárias (O Desejado de Todas as Nações, p. 277, 278 [354, 355]).

PARA REFLETIR: A ideia de passar despreparado por provas causa medo à maioria das pessoas. Como a confiança em Deus nas pequenas coisas da vida prepara você para confiar Nele nos grandes momentos?

MEDITAÇÃO DIÁRIA

07/03/2022

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-divino-exemplo/

Nenhum comentário:

O CORDEIRO PASCAL

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 2 de Outubro          O CORDEIRO PASCAL    Então Jesus lhes disse: "Tenho desejado ansiosamente comer esta Páscoa c...