sexta-feira, 10 de dezembro de 2021

SEM MANIPULAÇÃO

 SEM MANIPULAÇÃO

Se Me amais, guardareis os Meus mandamentos. João 14:15

Tente relembrar o que acontecia em sua infância quando seus pais lhe pediam para fazer algo que você realmente não gostava de fazer. Eles tentavam encontrar várias maneiras de persuadi-lo, desde promessas de recompensa até ameaças de palmadas se você não concordasse. Talvez eles até usassem a conhecida abordagem de lembrar todas as boas coisas que haviam feito por você. Então perguntavam: “Você me ama?” Em uma voz mansa e cautelosa, você respondia: “Sim”. Então ouvia a armadilha em forma de conclusão lógica: “Se você me ama, fará o que eu digo.”

Isso é chamado de manipulação por meio do amor e não soa muito bem. Mas o que você pode responder a uma abordagem assim sem parecer um grosseirão ingrato? Muitos cristãos leem João 14:15 com as mesmas lentes. Interpretam o texto como se Deus estivesse desfilando diante de nós as evidências infinitas do Seu generoso amor: vida, saúde, salvação em Jesus Cristo e todos os dons e bênçãos de Seu reino. Então ao olharmos boquiabertos para a imensidão de tudo isso, Ele nos leva exatamente aonde quer e aperta o nó. “Por tudo isso”, pergunta, “você Me ama?” Com base em nossa resposta afirmativa, ouvimos: “Se você Me ama, você guarda os Meus mandamentos.”

Não há nenhuma sombra de dúvida: Deus realmente nos ama. Mas o objetivo de Seu amor é nos salvar, não nos manipular. Seu grande cuidado por nós tem a finalidade de nos tornar interiormente adequados, não para nos enlaçar. Seu amor nos eleva, não nos obriga. Quando Jesus disse: “Se Me amais, guardareis os Meus mandamentos”, estava descrevendo o que faremos, em vez de estar prescrevendo o que devemos fazer. Ele fez uma afirmação e não uma ordem. É como se dissesse: As pessoas prestam obediência quando amam seu Salvador.

Nosso Pai preza por nossa liberdade de escolha. Ele não usa nem mesmo Seu grande amor para nos “forçar” a obedecer. Embora percebamos rapidamente que Ele não Se utiliza da força física para nos levar à fidelidade, é importante notar que Ele evita usar também a força emocional. Somente o coração restaurado pelo amor pode verdadeiramente obedecer!

Dick Winn, 16/8/1987

Meditação Diária 10/12/2021

https://mais.cpb.com.br/meditacao/sem-manipulacao/





 

Nenhum comentário:

O SOBERANO DO CÉU

   O SOBERANO DO CÉU Eu e o Pai somos um. João 10:30 Todo o Céu se alegrava em refletir a glória do Criador e celebrar Seu louvor. Enquanto ...