sábado, 25 de dezembro de 2021

NATAL DA GRATIDÃO

 NATAL DA GRATIDÃO

Porque um Menino nos nasceu, um Filho Se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz. Isaías 9:6

A celebração de hoje é maior do que uma data. É o reconhecimento de que realmente precisamos do Salvador que Deus nos enviou. No dia de hoje, temos a oportunidade especial de agradecer o fato de a “manjedoura, a cruz e o túmulo estarem vazios, mas o trono não” (James Bradson).

Por isso, este deve ser o Natal da gratidão. Concentre-se em doar, agindo de modo diferente de muitos, que esperam apenas receber. Siga o exemplo de Deus, que “amou o mundo de tal maneira que deu o Seu Filho unigênito” (Jo 3:16, ARC). Que tal resgatar o significado mais profundo do Natal com algumas atitudes diferentes?

Ofereça presentes a pessoas carentes. Tudo o que você der a elas estará dando ao próprio Jesus, o verdadeiro motivo da celebração (Mt 25:40).

Separe uma oferta especial. Essa é uma oportunidade para pensar menos em si mesmo e fazer mais pela causa Daquele de quem celebramos o nascimento. Ellen White aconselha: “Deus Se alegraria muito se, no Natal, cada igreja tivesse uma árvore de Natal sobre a qual pendurar ofertas. […] Os galhos dela devem estar carregados com o fruto de ouro e prata da bondade de vocês, e apresentem isso a Deus como seu presente de Natal” (Review and Herald, 11 de dezembro de 1879).

Compartilhe salvação. Ao fazer isso, você resgata a essência do Natal, repetindo a atitude dos anjos, que proclamaram aos pastores a maior notícia da história da humanidade: nasceu o Salvador (ver Lc 2:11). O Natal oferece uma excelente oportunidade para contar ao mundo que o Menino nascido em Belém em breve voltará.

Celebre este Natal de forma completa. Primeiro, agradecendo por ter recebido o melhor Presente, pois “um Menino nos nasceu, um Filho Se nos deu; o governo está sobre os Seus ombros; e o Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz” (Is 9:6). Mas também compartilhando o que Deus lhe deu. Afinal, como disse Tim Keller, “nunca poderíamos chegar ao Céu por conta própria, mas Deus veio até nós”.

Faça deste Natal o mais marcante e significativo, não pelo que já recebeu ou ainda receberá, mas pelo que será capaz de oferecer.

Erton Köhler, 25/12/2019

Meditação Diária 25/05/2021

NATAL DA GRATIDÃO

https://mais.cpb.com.br/meditacao/natal-da-gratidao-2/


Nenhum comentário:

O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR

 O CAPITÃO DO EXÉRCITO DO SENHOR O Senhor lutará por vocês; fiquem calmos. Êxodo 14:14 Reflito na meditação de Cristo e na promessa: “Não de...