sábado, 6 de novembro de 2021

O Chamado Para Testemunhar

 O CHAMADO PARA TESTEMUNHAR

Não temas; pelo contrário, fala e não te cales. Atos 18:9

Cerca de uma semana após a primeira visão, Ellen Harmon [nome de solteira de Ellen White] recebeu uma segunda visão com a instrução de que ela contasse aos outros adventistas o que Deus lhe havia revelado. Também foi dito a Ellen que ela enfrentaria grande oposição.

Ela hesitou diante do dever. Afinal, raciocinou que sua saúde era frágil, tinha apenas 17 anos e era naturalmente tímida. “Durante vários dias”, explicou mais tarde, “orei para que esse encargo fosse removido de mim e posto sobre alguém mais capaz de suportá-lo. Porém, minha consciência do dever não mudou, e soavam continuamente aos meus ouvidos as palavras do anjo: ‘Comunique a outros o que lhe revelei’” (Vida e Ensinos, p. 47). Ela prosseguiu admitindo que preferia a morte à tarefa à sua frente. Depois de perder a doce paz que lhe sobreviera após a conversão, encontrava-se mais uma vez em desespero.

Não é de se espantar que Ellen Harmon sentisse medo de falar em público. A população em geral zombava dos mileritas. Além disso, erros doutrinários graves e várias formas de fanatismo assolavam as próprias fileiras dos mileritas após o desapontamento.

De maneira mais específica, o dom de profecia se tornara especialmente suspeito em 1844, tanto para a sociedade mais ampla quanto para os adventistas mileritas. No verão de 1844, Joseph Smith, o “profeta” mórmon, perdera a vida ao ser atacado por uma multidão, em Illinois. O fim de 1844 e o início de 1845 testemunharam o surgimento de um grande número de “profetas” adventistas de caráter questionável, vários deles atuando no Maine. Na primavera de 1845, os adventistas de Albany votaram que não tinham “confiança em nenhuma mensagem ou visão nem em sonhos, línguas, milagres, dons extraordinários, revelações” e assim por diante.

Em meio a uma atmosfera como essa, não surpreende que a jovem Ellen Harmon tenha procurado evitar seu chamado ao ministério profético. Contudo, a despeito de seus temores pessoais, ela foi em frente e começou a apresentar o confortante conselho divino aos adventistas confusos.

Algumas de suas primeiras visões trataram do fanatismo e da oposição ao dar conselhos e repreensões de natureza particular.

Ó Senhor, ajuda-nos hoje a sermos fiéis no lugar onde nos colocaste e capacita-nos para anunciarmos a mensagem que nos tens dado.

George R. Knight, 21/2/2015

Meditação Diária- 6/11/2021

https://mais.cpb.com.br/meditacao/o-chamado-para-testemunhar//

Nenhum comentário:

A HISTÓRIA INACABADA

  A HISTÓRIA INACABADA Há, porém, ainda muitas outras coisas que Jesus fez. Se todas elas fossem relatadas uma por uma, creio eu que nem no ...