segunda-feira, 20 de setembro de 2021

Soldados De Cristo

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

20 de setembro, segunda

SOLDADOS DE CRISTO

Na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça, quer ofensivas, quer defensivas. 2 Coríntios 6:7

A igreja de Cristo pode ser comparada apropriadamente a um exército. A vida de todo soldado é de labuta, privações e perigos. Acham-se por todo lado inimigos alerta, dirigidos pelo príncipe das potestades das trevas, que nunca dorme nem jamais deserta de seu posto. Sempre que um cristão não se acha em guarda, esse poderoso adversário faz súbito e violento ataque. A menos que os membros da igreja sejam ativos e vigilantes, serão vencidos por seus ardis.

Que seria se metade dos soldados de um exército estivesse ociosa ou adormecida quando fosse ordenada a estar no posto do dever? O resultado seria derrota, cativeiro ou morte. Se alguns escapassem da mão do inimigo, seriam considerados dignos de recompensa? Não. Receberiam prontamente a sentença de morte. E se a igreja de Cristo for descuidada e infiel, consequências muito mais importantes se acham envolvidas. O que poderia ser mais terrível que um exército adormecido de soldados cristãos? Que progresso poderia ser feito contra o mundo? [...]

O Mestre chama obreiros evangélicos. Quem responderá? Nem todos quantos entram para o exército serão generais, capitães, sargentos ou mesmo cabos. Nem todos têm o cuidado e a responsabilidade de líderes. Há trabalho difícil de outra natureza a ser feito. Alguns devem cavar trincheiras e construir fortificações; uns são chamados para servir como sentinelas; outros, para levar mensagens. Há apenas poucos oficiais, mas são necessários muitos soldados para formar as linhas e fileiras de um exército; seu êxito depende da fidelidade de cada soldado. [...]

Há diligente trabalho que precisamos fazer individualmente, se quisermos combater o bom combate da fé. Acham-se em jogo interesses eternos. Cumpre-nos revestir-nos de toda a armadura da justiça, resistir ao diabo, e temos a firme promessa de que ele será posto em fuga. A igreja deve manter uma luta agressiva, fazer conquistas para Cristo e libertar pessoas do poder do inimigo. Deus e os santos anjos estão empenhados nesse conflito. Agrademos Àquele que nos chamou para sermos soldados (Testemunhos Para a Igreja, v. 5, p. 394, 395; Review and Herald, 17 de julho de 1883).

Ellen G. White, 26/5/1965

Nenhum comentário:

O homem que não sai de cena

  MEDITAÇÃO DIÁRIA 24 de outubro, domingo O HOMEM QUE NÃO SAI DE CENA Ele, porém, começou a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem de q...