sexta-feira, 28 de maio de 2021

A CRIANÇA QUE HÁ EM TODOS NÓS

 MEDITAÇÃO DIÁRIA

28 DE MAIO, SEXTA

A CRIANÇA QUE HÁ EM TODOS NÓS

Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele. Lucas 18:17

Naquele domingo, havia uma lista de afazeres muito longa. Sementes para plantar, legumes para colher, arbustos para podar, um portão para recolocar, a porta do carro para consertar. Os itens começaram a combinar. Meu filho pequeno se uniu a mim. Para ele, aquelas atividades eram muito mais interessantes do que o pai escrevendo no escritório. Ele puxou minha camisa e disse: “Papai, vou ficar colado em você hoje o dia todo.”

Não é de admirar que Jesus tenha ensinado que devemos receber o reino como uma criança. Não é porque uma criança tenha algum mérito inerente para a salvação. A realidade é que Jesus via como as crianças são dependentes. Essa realidade faz com que elas sempre estejam em busca de ajuda e socorro em relação aos pais ou responsáveis. Essa é uma excelente comparação sobre como deve ser nossa atitude em relação a Deus.

A menos que venhamos a conhecer nosso desamparo diante do pecado e das circunstâncias, o reino não nos incluirá. Aqueles que pensam que podem dar conta sozinhos de encontrar a vida eterna não sentem nenhuma necessidade do poder salvífico de Cristo. A ação salvífica de Deus atua somente quando nos apoiamos totalmente Nele.

Devemos receber o reino dos Céu com a alegria e contentamento que uma criança demonstra quando recebe um presente. A disposição de uma criancinha de pegar em sua mão e ir com você, de aceitar sua palavra e fazer sua vontade, de seguir seu exemplo explica o propósito, o pensamento de Jesus. Uma criança se alegra em receber presentes, ir para novos lugares, ver o mundo através dos olhos de outro. Jesus quer de nós a mesma alegria. Acima de tudo, quer que caminhemos com Ele para o futuro.

“É unicamente ligando-se a Jesus pela fé, que o pecador se torna filho de Deus, cheio de esperança e crença” (Ellen G. White, Testemunhos Para a Igreja, v. 1, p. 17).

Walter Scragg, 21/5/1988

Nenhum comentário:

A Morte do Pardal

  Meditação Diária Quarta-feira, 22 de setembro A MORTE DO PARDAL Não se vendem dois pardais por um asse? E nenhum deles cairá em terra sem ...