quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Deus capacita Ezequiel - Ezequiel 2

  Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 

Leitura Bíblica - Ezequiel 2

Comentário Pr Heber Toth Armí 

Servir a Deus quando nem os religiosos estão dispostos a se submeterem ao Seu senhorio não é nada fácil. Os mensageiros de Deus são rejeitados porque seus ouvintes interpretam suas palavras como indignas para um servo do Altíssimo.

Alguém escreveu as seguintes informações:

“Ezequiel era filho de Buzi. Buzi significa ‘descaso’ ou ‘desprezo’. Ezequiel foi um profeta que foi muito desprezado pelo povo e que foi tratado com descaso. Em seu ministério ele não recebeu glória”. Em contrapartida, “Ezequiel significa ‘Deus fortalecerá’. Também significa ‘O Todo-Poderoso é sua força’”. Desta forma, “por um lado, ele era o filho de Buzi, desprezado por outros. Por outro lado, era Ezequiel, fortalecido por Deus, o Poderoso”.

• Quando a fraqueza humana enfrenta oposição e rejeição que tentam minar a motivação do mensageiro, Deus mesmo Se torna sua proteção.

Em sua fraqueza, Ezequiel contemplou a majestade e a glória do Soberano Deus do Universo. Por isso, “do primeiro ao último capítulo, encontramos em Ezequiel a ideia central da soberania e da glória do Senhor Deus. Ele é soberano em Israel e nos assuntos das nações do mundo, ainda que a jactância ruidosa dos homens pareça ter abafado essa verdade. Em sua vontade soberana, Deus criou com o propósito de glorifica-lo em vida e dar testemunho dele até os confins da terra” (Charles Lee Feinberg).

Abra tua Bíblia, acompanhe…

• Deus revela a mensagem, e o Espírito Santo capacita ao mensageiro que representa ao Senhor perante ouvintes indiferentes, irreverentes e arrogantes (vs. 1-2);

• Deus comissiona mesmo sabendo que o resultado será negativo. Nem mesmo um poderoso profeta, cuja mensagem recebera diretamente de Deus, cheio do poder do Espírito Santo não tem sucesso frente a pessoas rebeldes, calejadas em seus pecados, insensíveis à voz de Deus (vs. 3-4).

• Deus, embora soubesse da rejeição ao profeta, ainda assim o envia aos pecadores impenitentes; pois, Deus não faz nada sem antes avisar. Se ouvirão ou não ao profeta, não importa. O que importa é que Deus enviou mensageiro – isso é graça! (vs. 5-7);

• Deus providencia meios para que Seus servos não se contaminem com a forte influência de um povo religioso, porém rebelde (vs. 8-10).

A proteção contra a hipocrisia, apostasia e perversão religiosa é a Palavra de Deus. Como deveríamos valorizá-la! – Heber Toth Armí.

 #ebiblico #rpsp #palavraeficaz

Nenhum comentário:

O caçador de leões

  MEDITAÇÃO DIÁRIA Segunda-feira, 19 de abril O caçador de leões Benaia [...] realizou grandes feitos. Matou dois dos melhores guerreiros de...