terça-feira, 24 de março de 2020

Apelo a Misericórdia Divina

Lendo a Bíblia de Gênesis a Apocalipse 
Leitura Bíblica – Salmos 51
Comentário: Pr. Heber Toth Armí

Há pessoas apodrecendo no pecado, agarradas nos braços do diabo, aliadas às tramoias dos demônios, usando máscaras de sorrisos; estão definhando, carregando peso de amargura e fardos de tristezas.


Neste salmo, “talvez o que mais se destaca é a atrocidade do pecado; o autor não pode descansar até que seja perdoado”, comenta Roland E. Morphy.


Após diversos pecados cometidos, Davi foi confrontado pelo profeta do Senhor; então, humildemente, expôs profundos sentimentos do coração. “Plenamente convencido do pecado, Davi deixa as palavras de penitência jorrarem de seu coração quebrantado e contrito” observa William MacDonald.


Desta forma, este Salmo “é uma oração por perdão e por santificação por meio do Espírito Santo. Votos de gratidão pelas misericórdias de Deus e promessas para o futuro acompanham a petição. Talvez nenhuma outra passagem do AT descreva com tanta clareza o genuíno pecador arrependido que confia no poder de Deus para perdoar e restaurar como este relato da experiência de Davi” (Francis D. Nichol).


Portanto, “esse Salmo é uma escada que começa em um poço horrível, de lama suja e vai até as alturas de ensolarada alegria, onde brota o cântico do pecador arrependido e perdoado. Aí está o gemido da ovelha perdida toda arranhada de espinhos, perseguida por cães selvagens, lançada no pantanal, mas que o pastor achou e, jubiloso, levou para casa. Esse caminho já foi trilhado por miríades de arrependidos” (F. B. Meyer).


Agora, observe atentamente e com oração alguns pontos importantes do Salmo:


1. A maneira correta de lidar com o pecado é:  Encará-lo, confessá-lo para, então, ser perdoado.

2. O perdão é real e traz alegria e paz ao culpado que expressa confissão sem fingimento e exprime um quebrantamento genuíno.
3. Usar máscaras para encobrir pecados é sofrer calado sabendo que há um caminho para a libertação dessa escravidão e sofrimento angustiante.
4. Pecar contra pessoas é rebelar-se e atacar a Deus, é fazer o mal perante os olhos divinos. Contudo, em Deus existe plena restauração e satisfação.

Precisamos apelar à misericórdia divina (vs. 1-2), reconhecer que pecados atingem a Deus (vs. 3-4), confessar e pedir perdão (vs. 5-13), para, então, fazer votos de louvor (vs. 14-15), rever os conceitos de adoração (vs. 16-17) e, desejar a restauração do próximo (vs. 19-19) – Heber Toth Armí.


#rpsp #ebiblico #palavraeficaz

Nenhum comentário:

No Caminho da Fé

MEDITAÇÃO DIÁRIA 18 de setembro No Caminho da Fé Visto que a justiça de Deus se revela no evangelho, de fé em fé, como está escrito:...