Translate

sábado, 27 de abril de 2019

A Fé Vem Pelas Promessas

A Fé Pela Qual Eu Vivo
27 de abril
A Fé Vem Pelas Promessas


De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela Palavra de Deus. Rom. 10:17.

As verdades da Palavra de Deus suprem a grande necessidade prática do homem – a conversão da alma pela fé. Estes grandes princípios não devem ser julgados puros nem santos demais para serem introduzidos na vida diária. São verdades que atingem o Céu e abrangem a eternidade, contudo sua influência vital deve ser entrelaçada com a experiência humana. Devem impregnar todas as coisas importantes e mínimas da vida. Parábolas de Jesus, págs. 100 e 101.

Quão longe estamos de representar o caráter de Cristo! Precisamos, porém, apropriar-nos de Seus méritos pela fé viva, e invocá-Lo como nosso Salvador. Ele morreu no Calvário para nos salvar. Cada um devia fazer disso uma ação individual entre Deus e seu caráter, como se fosse a única pessoa do mundo. Quando exercemos fé pessoal, nosso coração não será frio como uma cunha de ferro; estaremos aptos a compreender o que quis dizer o salmista quando escreveu: “Bem-aventurado aquele… cujo pecado é coberto.” Sal. 32:1. Review and Herald, 12 de março de 1889.

Deus nos convida a verificar por nós mesmos a veracidade de Sua Palavra, a fidelidade de Suas promessas. Ele nos convida: “Provai e vede que o Senhor é bom.” Sal. 34:8. Em lugar de confiar nas palavras de outros, devemos provar por nós mesmos. Ele afirma: “Pedi, e recebereis.” João 16:24. Suas promessas serão cumpridas. Nunca falharam; isso jamais acontecerá. Caminho a Cristo, págs. 111 e 112.

Nosso Salvador quer que mantenhais íntima relação com Ele, para que Ele possa fazer-vos felizes. Quando a bênção de Cristo repousar sobre nós, devemos oferecer ações de graças e louvor ao Seu amado nome. Mas, dizeis: Se tão-somente pudesse saber que Ele é meu Salvador! Bem, que espécie de evidência quereis? Quereis experimentar um sentimento especial ou emoção para saberdes que Ele é vosso Salvador? É isto mais seguro do que a fé pura nas promessas de Deus? Não seria melhor apoderar-vos das santas promessas divinas e aplicá-las a vós mesmos, lançando todas as vossas cargas sobre elas? Isto é fé. Review and Herald, 29 de julho de 1890.

Meditação Matinal de Ellen White – A Fé Pela Qual Eu Vivo, 1959 – Pág. 123
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis