Translate

quarta-feira, 19 de dezembro de 2018

Lançai Vossos Fardos Sobre Jesus

Refletindo a Cristo
19 de dezembro

Lançai Vossos Fardos Sobre Jesus


Vigiai, pois, a todo tempo, orando, para que possais escapar de todas estas coisas que têm de suceder e estar em pé na presença do Filho do homem. Luc. 21:36.
Na solene linguagem deste texto, é indicado um dever que se acha no caminho diário de todos, quer sejam idosos ou jovens. Este dever é o da vigilância, e de nossa fidelidade nisso depende o nosso destino para o tempo e a eternidade. …

Quantos há, cujos corações estão hoje vergados sob seu fardo de cuidados, e que pensam: “Oh, se houvesse ao menos alguém que me ajudasse a carregar meu fardo!” Bem, há Alguém que pode ajudar a levar vossas cargas; há alívio para vós os que estais sobrecarregados. Jesus, o grande Carregador de fardos, convida: “Vinde a Mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei.” Mat. 11:28.

Aqui está a promessa do Mestre, mas sob condições. “Tomai sobre vós o Meu jugo e aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para a vossa alma.” Mat. 11:29.

“Porque o Meu jugo é penoso.” É isso o que Ele diz? Não. “Porque o Meu jugo é suave e o Meu fardo é leve.” Mat. 11:30. O fardo que estais carregando, e que é tão pesado e causa tanto cansaço e perplexidade, é o vosso próprio fardo. Desejais alcançar o padrão do mundo, e em vossos zelosos esforços para satisfazer desejos ambiciosos e mundanos, feris a consciência, trazendo sobre vós o fardo adicional do remorso.

Se não desejais ser diferentes do mundo, mas desejais associar-vos a ele de modo a não se perceber qualquer diferença entre vós e o mundo, então podeis saber que estais embriagados com os cuidados da vida. Oh, há tantos interesses egoístas, tantos laços que nos prendem a este mundo! Mas precisamos cortar tais laços, e estar em condições de aguardar nosso Senhor.

O mundo se intrometeu entre nós e Deus. Mas que direito temos nós de ficar sobrecarregados com os cuidados desta vida? Que direito temos nós, por causa de nossa dedicação ao mundo, de negligenciar os assuntos da igreja e os interesses de nosso próximo? Por que deveríamos inventar para nós mesmos cargas e cuidados que Cristo não colocou sobre nós? …

“Vigiai, pois, a todo tempo, orando.” Luc. 21:36. Há grande necessidade de vigilância, não apenas por nós mesmos, mas também por causa de nossa influência sobre outros. Nossa influência é de longo alcance. … Devemos falar e andar de tal modo que o Espírito de Deus possa estar em nosso coração e ser uma bênção em nosso lar. Signs of the Times, 7 de janeiro de 1886.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis