Translate

terça-feira, 25 de dezembro de 2018

“Glória a Deus nas Alturas”

Refletindo a Cristo
25 de dezembro
Glória a Deus nas Alturas

E, subitamente, apareceu com o anjo uma multidão da milícia celestial, louvando a Deus e dizendo: Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens. Lucas 2:13 e 14.

Rogo-vos, irmãos e irmãs, que façais do Natal uma bênção para vós e para os outros. O nascimento de Jesus […] foi celebrado pelos exércitos celestiais. Anjos de Deus, na forma de uma estrela, orientaram os magos em sua missão, à procura de Jesus. Eles vieram com presentes e preciosas dádivas de incenso e mirra a fim de fazerem sua oferenda ao Rei menino predito na profecia. Eles seguiram os fulgurantes mensageiros com convicção e grande júbilo.

Os anjos […] apareceram aos humildes pastores que guardavam os seus rebanhos à noite, nas planícies de Belém. Primeiramente apareceu um anjo, revestido da armadura celestial, e deixou tão surpresos e amedrontados os pastores que eles apenas puderam contemplar a maravilhosa glória do visitante celestial com indizível assombro. O anjo do Senhor veio a eles e disse: “Não temais; eis aqui vos trago boa-nova de grande alegria […]: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lucas 2:10 e 11). […]

Mal haviam seus olhos se habituado à gloriosa presença daquele anjo, eis que toda a planície foi iluminada com a esplendorosa glória da multidão de anjos que povoou as planícies de Belém. O anjo acalmou os temores dos pastores antes de abrir-lhes os olhos para contemplar a multidão dos exércitos celestiais, todos louvando a Deus e dizendo: “Glória a Deus nas maiores alturas, e paz na terra entre os homens” (Lucas 2:14).

Então a melodia celestial foi ouvida por ouvidos mortais, e o coral celestial, após encerrar sua memorável antífona, voltou para o Céu. A luz desvaneceu-se gradualmente, e as sombras da noite novamente caíram sobre as colinas e planícies de Belém; mas no coração dos pastores permaneceu o quadro mais esplendoroso que o homem mortal jamais contemplou, bem como a bendita promessa e certeza do advento do Salvador dos homens a este mundo, e que encheu seus corações de júbilo, mesclado com fé e o admirável amor a Deus. (Review and Herald, 9 de dezembro de 1884).

Os que amam a Deus devem sentir profundo interesse nas crianças e jovens. A eles Deus pode revelar Sua verdade e salvação. Jesus chama os pequeninos que nEle creem, “cordeiros de Seu rebanho”. Ele tem amor especial e interesse pelas crianças. […] A mais preciosa dádiva que as crianças podem oferecer a Jesus é o vigor de sua infância. (Review and Herald, 17 de dezembro de 1889).


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo,– Pág. 365 –
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis