Translate

terça-feira, 6 de novembro de 2018

A Obediência Incondicional de Abraão

Refletindo a Cristo

A Obediência Incondicional de Abraão -6 de novembro

Ora, disse o Senhor a Abrão: Sai da tua terra, da tua parentela e da casa de teu pai e vai para a terra que te mostrarei; de ti farei uma grande nação, e te abençoarei, e te engrandecerei o nome. Sê tu uma bênção. Gênesis 12:1 e 2.

Deus escolheu Abraão como Seu mensageiro através do qual comunicaria luz ao mundo. A palavra de Deus veio a ele, não com o oferecimento de perspectivas lisonjeiras nesta vida, de elevado salário, ou de grande reconhecimento e honras mundanas. “Sai da tua terra. … para a terra que te mostrarei” (Gênesis12:1), foi a mensagem divina a Abraão. O patriarca obedeceu, “e partiu sem saber aonde ia” (Hebreus11:8), como portador da luz divina, a fim de manter o Seu nome lembrado na Terra. Ele abandonou seu país, sua casa, seus parentes, e todas as relações amistosas ligadas a sua vida primitiva, a fim de tornar-se peregrino e estrangeiro. […]

Antes que Deus pudesse usá-lo, Abraão teve de separar-se de seus companheiros, para não ser controlado por influências humanas ou confiar no auxílio humano. Agora, que ele se havia ligado a Deus, precisaria habitar entre estranhos. Seu caráter precisaria ser especial, diferente de todos os demais no mundo. Ele não podia sequer explicar seu modo de proceder, de maneira a ser compreendido por seus amigos, pois eles eram idólatras. As coisas espirituais precisam ser discernidas espiritualmente; consequentemente, seus motivos e ações estavam além da compreensão de seus parentes e amigos.

A obediência incondicional de Abraão foi um dos mais notáveis exemplos de fé e confiança em Deus encontrados no Registro Sagrado. Tendo apenas a simples promessa de que os seus descendentes possuiriam a terra de Canaã, sem a menor evidência externa, ele seguiu para onde Deus o conduziria, cumprindo sincera e integralmente as condições que lhe competiam, e confiando em que o Senhor fielmente cumpriria a Sua palavra. O patriarca foi onde quer que Deus indicasse ser seu dever; atravessou o deserto sem temor; penetrou em nações idólatras com o único pensamento: “Deus falou; estou obedecendo a Sua voz; Ele me guiará e protegerá”.

Os mensageiros de Deus necessitam hoje exatamente da mesma fé e confiança que Abraão teve. Mas muitos que poderiam ser usados por Deus não avançam, ouvindo e obedecendo à Voz que é superior a todas as outras. … O Senhor faria muito mais por Seus servos se eles fossem totalmente consagrados a Ele, e colocassem o Seu serviço acima dos laços de parentesco e de todas as demais relações terrenas. Testimonies, vol. 4, págs. 523 e 524.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo – Pág. 316 –

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis