Translate

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Só Deus Pode Renovar o Coração

Refletindo a Cristo

Só Deus Pode Renovar o Coração - 4 de outubro

Porque Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade. Filip. 2:13.

Precisamos ter uma compreensão muito melhor do que a que possuímos no tocante às questões que estão em jogo no conflito no qual estamos envolvidos. Precisamos entender mais completamente o valor das verdades que Deus nos deu para este tempo, e o perigo de permitir que a mente seja delas desviada pelo grande enganador.

O infinito valor do sacrifício requerido para a nossa redenção revela o fato de que o pecado é um mal tremendo. Através do pecado todo o organismo humano fica desordenado, a mente é pervertida, e a imaginação corrompida. O pecado depreciou as faculdades da mente. As tentações externas repercutem no coração, e os pés se voltam imperceptivelmente em direção ao mal.

Assim como o sacrifício feito em nosso favor foi completo, assim também nossa recuperação da contaminação do pecado deve ser completa. Não há ato de impiedade que a lei desculpe; não há injustiça que escape de sua condenação. A vida de Cristo foi um perfeito cumprimento de cada preceito da lei. Ele disse: “Eu tenho guardado os mandamentos de Meu Pai”. João 15:10. Sua vida é nossa norma de obediência e serviço.

Só Deus pode renovar o coração. “Deus é quem efetua em vós tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade.” Filip. 2:13. Mas é-nos feito o convite: “Desenvolvei a vossa salvação.” Filip. 2:12.

Os erros não podem ser endireitados, nem executada uma reforma de caráter por meio de débeis e intermitentes esforços. … A batalha pela conquista do eu, pela santidade e pelo Céu, é uma batalha vitalícia. Sem contínuo esforço e constante atividade não pode haver progresso na vida religiosa, nem obtenção da coroa da vitória.

A maior evidência de que o homem caiu de um estado mais elevado, é o fato de ser tão difícil voltar.O caminho de volta só pode ser vencido através de árdua luta, centímetro a centímetro, a cada momento. Por um ato momentâneo da vontade alguém poderá se colocar sob o domínio do mal; mas é necessário mais do que um ato momentâneo da vontade para quebrar esses grilhões e alcançar uma vida mais elevada e mais santa. O objetivo pode estar decidido, e o trabalho iniciado; mas a sua concretização requererá trabalho, tempo, perseverança, paciência e sacrifício.

Ao sermos assediados por inúmeras tentações, precisamos resistir firmemente ou ser dominados. … A santificação de Paulo foi o resultado de um constante conflito com o eu. Disse ele: “Dia após dia morro!” I Cor. 15:31. Sua vontade e desejos diários estavam em conflito com o dever e a vontade de Deus. Em vez de seguir as inclinações, ele fez a vontade de Deus, embora crucificando sua própria natureza. Deus conduz o Seu povo passo a passo. Testimonies, vol. 8, págs. 312 e 313.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986 - 4 de outubro – Pág. 283
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis