Translate

domingo, 26 de agosto de 2018

O que é Religião Pura?

Refletindo a Cristo

O que é Religião Pura? - 26 de agosto

A religião pura e sem mácula, para com o nosso Deus e Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e a si mesmo guardar-se incontaminado do mundo. Tiago 1:27.

O que é religião pura? Cristo nos disse que religião pura é o exercício da piedade, simpatia, e amor no lar, na igreja, e no mundo. Esse é o tipo de religião a ser ensinado às crianças, e é algo genuíno. Ensinai-Lhes que não devem centralizar os pensamentos em si mesmas, mas que onde quer que haja necessidade e sofrimento humanos, há ali campo para trabalho missionário. …

Há muitos que perguntam, como o doutor da lei: “Quem é o meu próximo?” Luc. 10:29. A resposta nos é dada através das circunstâncias que tiveram lugar perto de Jericó, quando o sacerdote e o levita passaram de largo, deixando o pobre e ferido estrangeiro para ser cuidado pelo bom samaritano. Todo aquele que está padecendo necessidade é nosso próximo. Cada errante filho e filha de Adão que foi iludido por Satanás e escravizado por hábitos errôneos que debilitam a masculinidade ou feminilidade dada por Deus, é meu próximo. …

Quem dera que os filhos fossem educados desde a primeira infância, e através da meninice e juventude, de modo a entenderem qual é o trabalho missionário a ser realizado ao seu redor. Que o lar se torne um lugar de instrução religiosa. Os pais devem ser porta-vozes do Senhor Deus de Israel, para ensinar os preceitos do verdadeiro cristianismo, e devem ser exemplos do que os princípios de amor podem fazer por homens e mulheres.

Precisamos pensar e tomar interesse nas pessoas que necessitam de nosso amor, ternura e cuidado. Devemos lembrar-nos constantemente que somos representantes de Cristo, e que devemos repartir as bênçãos que Ele dá, não com aqueles que podem recompensar-nos em troca, mas com os que irão apreciar as dádivas que suprirão suas necessidades temporais e espirituais. Os que promovem festas com o objetivo de ajudar aqueles que desfrutam de escassas alegrias, com o objetivo de iluminar suas vidas sombrias, com o objetivo de diminuir sua pobreza e aflição, estão agindo desinteressadamente e em harmonia com as instruções de Cristo. Review and Herald, 12 de novembro de 1895.

As boas ações são os frutos que Cristo requer que produzamos: palavras gentis, atos de bondade, de terna consideração para com os pobres, os necessitados, e aflitos. Quando os corações se solidarizam com corações sobrecarregados de desânimo e pesares, quando as mãos se estendem para socorrer os necessitados, quando os nus são vestidos, e os estrangeiros convidados a assentar-se em nossa sala e a ocupar um lugar em nosso coração, os anjos se aproximam e uma melodia responsiva ecoa no Céu. Testemunhos Para a Igreja, vol. 2, pág. 25.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986 – Pág. 244

HA 324 - MÃOS


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis