Translate

terça-feira, 28 de agosto de 2018

Alívio Físico – Único Acesso à Alma

Refletindo a Cristo

Alívio Físico – Único Acesso à Alma - 28 de agosto

O povo que jazia em trevas viu grande luz, e aos que viviam na região e sombra da morte resplandeceu-lhes a luz. Mat. 4:16.

Muitos que vivem na região e sombra da morte precisam agora ser instruídos nas verdades do evangelho. Quase todo o mundo jaz em impiedade. A cada crente em Cristo foram dadas palavras de esperança para os que jazem em trevas. …

Necessita-se de jovens zelosos e dedicados que entrem na obra como enfermeiros. … O Senhor deseja homens e mulheres sábios, que possam atuar como enfermeiros, a fim de confortar e ajudar os doentes e sofredores. Quem dera que todos os aflitos pudessem ser atendidos por médicos e enfermeiros cristãos, os quais poderiam ajudá-los a depor o corpo cansado e dolorido sob os cuidados do Grande Médico, e a Ele olhar com fé em busca de restabelecimento! Se através de criterioso atendimento o paciente for levado a entregar a vida a Cristo, e a conduzir seus pensamentos em obediência à vontade de Deus, uma grande vitória terá sido alcançada.

Em nosso atendimento diário vemos muitas faces atormentadas e pesarosas. O que revela a angústia de tais faces? Revela a necessidade que a pessoa tem da paz de Cristo. Homens e mulheres, ansiosos por algo que não possuem, têm procurado suprir suas necessidades nas sistemas rotas do mundo. Que os tais ouçam a voz que diz: “Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas.” Isa. 55:1. Almas cansadas, que não sabeis o que procurais, vinde à água da vida. O Céu todo anela por vós. “Vinde a Mim para terdes vida”.

Há muitas linhas de conduta que podem ser executadas pelo enfermeiro-missionário. Há oportunidades para enfermeiros bem preparados irem aos lares e ali se esforçarem para despertar o interesse na verdade. Em quase todas as comunidades há inúmeras pessoas que se recusam a ouvir os ensinos da Palavra de Deus ou assistir a algum culto. Para que eles sejam alcançados pelo evangelho, é preciso que este seja levado aos seus lares. Frequentemente, o alívio de suas necessidades físicas constitui a única maneira pela qual eles podem ser abordados.

Enfermeiros-missionários que cuidam dos doentes e atenuam o sofrimento dos pobres encontrarão muitas oportunidades de orar com eles, de ler-lhes a Palavra de Deus e falar-lhes do Salvador. Eles podem orar com e pelos desamparados, que não têm força de vontade para controlar os apetites que as paixões degradaram. Podem trazer um raio de esperança à vida dos derrotados e desalentados. A demonstração de amor desinteressado, manifestado em atos de bondade imparcial, fará com que esses sofredores acreditem mais facilmente no amor de Cristo. Review and Herald, 24 de dezembro de 1914.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986 – Pág. 246
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis