Translate

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Advertindo os Perdidos


Refletindo a Cristo

Advertindo os Perdidos - 17 de agosto

Como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus; servindo de boa vontade, como ao Senhor e não como a homens. Efés. 6:6 e 7.

Na noite passada uma cena me foi apresentada. Pode ser que eu nunca me sinta livre para revelar tudo, mas revelarei alguma coisa.

Parecia que uma imensa bola de fogo caía sobre o mundo, destruindo grandes casas. De todos os lugares se erguia o clamor: “O Senhor veio! O Senhor veio!” Muitos estavam despreparados para encontrá-Lo, mas alguns estavam dizendo: “Louvai ao Senhor!”

– Por que estais louvando ao Senhor? – perguntavam aqueles sobre os quais estava vindo repentina destruição.

– Porque agora vemos o que estávamos aguardando.

– Se acreditáveis que estas coisas aconteceriam, por que não no-las contastes? – foi a terrível reação. – Não sabíamos destas coisas. Por que nos deixastes em ignorância? Repetidamente nos tendes visto; por que não vos destes a conhecer, e não nos avisastes do juízo vindouro, e de que deveríamos servir a Deus para que não perecêssemos? Agora estamos perdidos!

Cada membro deve exercitar o intelecto a fim de obter uma clara percepção da vontade de Deus para com ele; todos devem educar a voz, a fim de transmitir o conhecimento das Escrituras àqueles que se acham em ignorância. Que Deus nos ajude a permanecer como Daniel, em nossa condição e lugar durante os dias de graça que restam.

Pais, ensinai vossos filhos no tocante às coisas que sobrevirão à Terra, e levai-os a preparar-se para encontrar o Senhor em paz. Obtende conhecimento das Escrituras. Não enchais a cabeça com tolices de novelas. A capacidade nervosa do cérebro é necessária para aqueles que desejam compreender a verdade claramente, de modo a poderem ensiná-la inteligentemente a outros. Não possuímos excessiva capacidade mental. Jamais podemos nos dar ao luxo de usar fumo ou bebidas alcoólicas, ou qualquer outra substância nociva, pois precisamos esforçar-nos a fim de conservar a mente lúcida para a obra de salvar pessoas. O Senhor Se alegra com os que manifestam ardente zelo em Seu serviço. Todos têm o privilégio de cultivar fielmente cada faculdade dada por Deus.

Naquele glorioso dia… os remidos exclamarão: “‘Digno é o Cordeiro que foi morto’ (Apoc. 5:12) mas vive, triunfante Vencedor.” Que alegria o obreiro sentirá então, ao se dirigir àqueles com os quais falou com temor e tremor – aqueles aos quais abriu as Escrituras, e com os quais orou, levando-os a tomar sua decisão ao lado da verdade. … Todas as Suas providências serão então esclarecidas. Manuscrito 102, 1904.

Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986– Pág. 235 –

HA 507 Ó, VEM À IGREJA COMIGO

 


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis