quinta-feira, 23 de agosto de 2012

MD- Salmos 3:3


Meditação Diária
MEU ESCUDO

Porém Tu, Senhor, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a minha cabeça. Sal. 3:3.

Para entender o salmo de hoje, precisamos conhecer as circunstâncias em que Davi o escreveu. Ele estava fugindo dos seus inimigos. Sabe quem liderava o exército de seus perseguidores? Seu próprio filho, Absalão. Quase cercado por seus inimigos, o salmista subiu ao Monte das Oliveiras e ali chorou amargamente. Ia com a cabeça coberta e os pés descalços. Sua dor não era motivada apenas pelas circunstâncias críticas que seu governo enfrentava, mas pela tristeza de ver um filho rebelde, sem escrúpulos e com ânsia de poder.

O que este salmo fala para você, se o seu coração sofre pela rebeldia de um filho? Que mensagem você encontra neste texto se os seus inimigos colocaram um cerco tão grande a ponto de eles mesmos afirmarem: “Não há em Deus salvação para ele?” Qual é o drama que você está enfrentando hoje? Qual a dificuldade que parece não ter solução? É no lar? No trabalho? Na escola? No seu mundo interior?

Veja o que Davi, em lágrimas, diz ao Senhor: “Porém Tu, Senhor, és o meu escudo.” Perceba o “porém” com que o verso inicia. O fato de o Senhor ser seu escudo não quer dizer que você não vá enfrentar problemas. Neste mundo, sempre haverá dificuldades. A vida é a arte de solucionar problemas. Porém, o Senhor estará com você.

O fato de o Senhor ser o seu escudo também não significa que você não terá inimigos. Sempre haverá pessoas tentando atingi-lo sem motivo. Que utilidade teria o escudo se não houvesse flechas envenenadas das quais se proteger? É na guerra, nas lutas, na batalha e em meio aos tiros, que você vê o valor do escudo. O Senhor é o seu escudo. Podem vir ataques de todos os lados, mas em Jesus você estará sempre seguro.

A confiança de Davi no Senhor, como seu escudo, o levava a louvar. “És a minha glória”, dizia, e aí o rei descobriu outra realidade divina. Quando você louva, mesmo em meio às dificuldades, a dor diminui e você passa a perceber que existe solução, mesmo para as adversidades mais cruéis.
Por isso, hoje, antes de enfrentar os desafios que a vida lhe apresenta, apesar das adversidades, diga em seu coração: “Porém Tu, Senhor, és o meu escudo, és a minha glória e o que exaltas a minha cabeça.” Texto por Alejandro Bullón/

Segure a mão poderosa do Salvador Experimente estar comunhão com o Senhor diariamente andando, comprando, vendendo, trabalhando ou estudando permita que Jesus participe de sua vida e seja feliz. 

Nenhum comentário:

Hotel Abraão

  Devocional Diário Hotel Abraão Abraão plantou uma tamargueira em Berseba e invocou ali o nome do Senhor, o Deus Eterno. Gênesis 21:33 Um c...