sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Maravilhoso Jesus Mateus 28:13


Ele Ressuscitou!

"Vocês devem declarar o seguinte: ‘Os discípulos dele vieram durante a noite e furtaram o corpo, enquanto estávamos dormindo’ " Mateus 28:13, NIV.

Numa manhã bem cedo minha família e eu saímos de Nova Delhi, na Índia, para a cidade de Agra, a várias horas de distância viajando de carro. Chegamos a Agra, logo após o nascer do sol. Ao atravessarmos uma arcada existente em uma enorme parede de pedra, de repente, um dos mais belos pontos turísticos desse mundo se descortinou perante nós – jardins, piscinas cintilantes, e, ao fundo, um prédio de um branco resplandecente, perfeito em simetria. Virei-me para minha esposa e perguntei: "Isso é real?"

Mas o Taj Mahal é um mausoléu. O imperador Shah Jahan o construiu para homenagear sua adorável mulher Mumtaz – para prover um local de descanso para ela. Ela permanece ali, juntamente com seu marido.

A Grande Pirâmide do Egito, como as demais pirâmides, também foi construída para abrigar os mortos. De acordo com o escritor grego Heródoto, centenas de milhares de homens trabalharam durante 20 anos para construir a pirâmide de Khufu. Esses números provavelmente estão inflados, mas a imensidão da estrutura ainda tira o nosso fôlego.

Jesus de Nazaré foi enterrado em um túmulo simples cavado na rocha num jardim de Jerusalém. Ninguém conhece o lugar – apesar das alegações dos guias turísticos. Nenhum monumento enorme, nenhuma bela estrutura, comemora essa morte. E, no entanto, o túmulo de Jesus é maior do que o de Mumtaz ou Khufus – porque está vazio!

Buda, Mahavira, Zoroastro, Maomé – o mundo tem produzido uma sucessão de grandes mestres religiosos. Um entretanto se destaca de todos os outros: Jesus Cristo, o único que ressuscitou dos mortos.

Como a ressurreição é a prova definitiva de que Jesus é o que afirmava ser: o Filho de Deus, inimigos e críticos nunca deixaram de atacar a ressurreição. Eles começaram muito cedo – no dia em que Jesus ressuscitou. Eles subornaram os soldados para espalhar a história de que os discípulos de Jesus roubaram o corpo durante a noite.

Plausível? Não se você considerar que os discípulos se tornaram ousados proclamadores de que Ele havia ressuscitado e aparecido a eles! Se a história dos soldados fosse verdadeira, jamais teria surgido uma nova religião baseada, em parte, na ressurreição de Jesus.

Como a história dos soldados não convenceu, os críticos tentaram explicar a existência do cristianismo com outros argumentos. Alguns chegam a dizer que Jesus realmente não ressuscitou – Suas "aparições" foram apenas a realização de um desejo. Segundo eles, como os discípulos esperavam que Jesus iria ressuscitar, imaginaram que O viram!

Dois fatos simples rebatem essa "explicação": 1. As esperanças dos discípulos tinham sido esmagadas – eles não esperavam ver Jesus novamente. 2. E o que aconteceu com Seu corpo? Pois Seu túmulo está vazio. Ele não está morto, mas vivo!

ORAÇÃO

Senhor ajuda-me a ser verdadeiro em minhas palavras e ações hoje, pois a verdade vem de Ti.

Autor: William G. Johnsson

Nenhum comentário:

Lecitina espiritual

DEVOCIONAL DIÁRIO - VISLUMBRES DA ETERNIDADE  27 de fevereiro Lecitina espiritual    Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Por isso,...