Translate

quinta-feira, 9 de agosto de 2018

Refletindo Raios de Luz

Refletindo a Cristo
Refletindo Raios de Luz - 9 de agosto

Consideremo-nos também uns aos outros, para nos estimularmos ao amor e às boas obras. Heb. 10:24.


O peregrino cristão não é deixado a andar em trevas. Jesus mostra o caminho. Os que O seguem andam no resplendor de Sua presença. A senda trilhada pelo peregrino é clara e bem definida. A justiça de Cristo vai adiante dele – a justiça que possibilita as boas obras que caracterizam a vida de todo o verdadeiro cristão. Deus é a sua retaguarda. Ele anda na luz como Cristo está na luz. Ao avançar em sua jornada cristã, ele combina fé com fervoroso esforço para convencer outros a acompanhá-lo. Recebendo sempre a luz da presença de Cristo, ele reflete constantemente esta luz a outros, através de palavras de ânimo e atos de renúncia. Ele traz consigo o sinal de obediência à lei de Deus, que o distingue daqueles que não seguem o caminho que conduz à vida eterna. …

Aquele que anda na luz… atende à exortação do apóstolo para motivar seus companheiros de peregrinação a amar e praticar boas obras. Os que têm zelosa consideração pelas necessidades alheias, os que proferem palavras de terna simpatia, os que prestam solícita assistência a outros, a fim de auxiliá-los em seu trabalho, incentivam não apenas os seus companheiros, mas também a si próprios, porque em assim fazendo se tornam coobreiros de Deus. …


Tracemos caminhos retos, para que os aleijados não percam o rumo. Que ninguém siga um caminho tortuoso traçado por outrem, pois assim ele poria a perder não apenas a si mesmo, mas aplainaria este caminho tortuoso para alguém mais palmilhá-lo. … Decidi por vós mesmos a andar no caminho da obediência. Sabei com certeza que vos achais sob a ampla proteção da Onipotência. Entendei que as características de Jeová precisam ser reveladas em vossa vida, e que precisa ser realizada em vós uma obra que moldará vosso caráter segundo a semelhança divina. Submetei-vos à orientação dAquele que é o Comandante de tudo. …

Falai de luz; andai na luz. “Deus é luz, e não há nEle treva nenhuma.” I João 1:5. Não vos empenheis em descobrir como agradar o eu. Perdei de vista o eu, e contemplai as multidões perecendo em seus pecados. Reuni em vosso coração o ânimo que pode provir unicamente da Luz do mundo. Esquecendo o eu, ajudai a muitos que se acham ao vosso alcance. Falai de fé, e vossa fé aumentará. … Andai de tal modo que vossa vida reflita raios de luz sobre outros. Confiai no amor de Jesus, e recebereis graça para salvar pessoas que estão a perecer. Vosso caminho será como a vereda do justo, isto é, “como a luz da aurora que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito”. Prov. 4:18. Signs of the Times, 3 de junho de 1903.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986 – Pág. 227


HA - 398 - Sonda me, ó Deus






Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis