Translate

quinta-feira, 25 de setembro de 2014

Jonas 3 Comentários:

Jonas 3
Pr. Heber Toth Armí

Jonas, depois de ser disciplinado saiu empolgado cumprir a missão. O resultado? Seu curto, porém impactante sermão levou o povo ao arrependimento, e, por fim ao reavivamento espiritual e à reforma total da vida total. A atitude de Jonas em cumprir a missão divina levou Nínive à conversão. Eis o sonho de Deus para o mundo!

Quais as lições deste texto?

1. Sermões objetivos de quem se rende ao Senhor desperta até ao mais torpe pecador; somente sermões fortes podem reavivar aos fracos. Só sermões duros podem amolecer corações empedrados pelo pecado. Só sermões de juízos e da ira de Deus levam pecadores ao arrependimento real (vs. 1-4).

2. Os passos para o verdadeiro arrependimento possuem uma sequência: [1] Acreditar na Palavra de Deus (v. 5); [2] humilhar-se (vs. 5-8); [3] abandonar os maus caminhos (vs. 8); e, [4] apegar-se totalmente à misericórdia divina (vs. 9-10).

O anúncio do juízo sempre visa operar mudança nos pecadores. Deus avisa sobre um evento esperando arrependimento. A pregação alcança resultado correto, não quando as pessoas gostam e elogiam, mas quando acontece um despertamento que resulta em abandono do pecado.

O sermão que desperta ao povo de seus pecados para dar meia volta da estrada do inferno não deve partir da pergunta: “O que as pessoas querem ouvir?”. A resposta à pergunta: “O que Deus mandou pregar?” impacta profundamente aos ouvintes. Conquanto, há dois tipos básicos de pregadores:

1. Os que pregam para agradar os ouvintes: Estes não consultam a vontade de Deus, mas a vontade do público; e,

2. Os que pregam para agradar a Deus: Estes não se preocupam com o que pensam os ouvintes, mas o que Deus pensa, pois querem agradá-lO mais que aos pecadores.

Em três dias cada ninivita ouviu pelo menos uma vez o curtíssimo sermão de Jonas. A mensagem de juízo levou a cidade inteira a um reavivamento pleno; desde o “povão” até o governador, ninguém ignorou a misericórdia do Senhor, todos assumiram serem pecadores.

Com cerca de oitenta a cem quilômetros com mais de 120.000 pessoas, Jonas advertiu Nínive em três dias de pregação, e, todos provaram a conversão abandonando a perversão.

Reflita: Quando considerarmos o mundo moderno como Nínive e pregarmos como Jonas, haverá um reavivamento mundial – 

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis