Translate

quarta-feira, 13 de junho de 2018

O Sacerdote e a Instrutora do Lar

Refletindo a Cristo
O Sacerdote e a Instrutora do Lar-13 de junho

Filho meu, ouve o ensino de teu pai e não deixes a instrução de tua mãe. Prov. 1:8.

O amor que havia no coração de Cristo deve haver em nosso coração, para que possamos revelá-lo aos que estão ao nosso redor. Precisamos ser diariamente fortalecidos pelo profundo amor de Deus, e deixar esse amor brilhar junto aos que nos rodeiam. …

Pais, tendes uma igreja em vosso lar, e Deus requer que conduzais para essa igreja a graça celestial, que é incalculável, e o poder do Céu, que é sem medida. Podeis receber essa graça e esse poder, se quiserdes. Mas precisais educar-vos de acordo com vossos votos batismais. Quando fizestes tais votos, vos comprometestes em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo, a viver para Deus, e não tendes o direito de quebrar esse compromisso. O auxílio desses três grandes poderes está à vossa disposição.

Quando, em nome de Cristo, pedirdes graça para vencer, ela vos será concedida, pois a promessa é: “Pedi, e dar-se-vos-á”. Mat. 7:7. Sim, buscai o auxílio de Deus. Se estiverdes desorientados, não procureis vossos vizinhos. Aprendei a levar vossos problemas a Deus. Se buscardes, achareis; se baterdes, abrir-se-vos-á. Mas isto significa fé, fé, fé. Exercitai a fé viva em Cristo. …

O pai é o sacerdote e guardião do lar. A mãe é a instrutora dos pequenos desde sua primeira infância, e também a rainha do lar. Ela jamais deve ser desrespeitada. Palavras descuidadas e indiferentes jamais lhe devem ser ditas perante os filhos. Ela é sua instrutora. Em pensamentos, palavras e ações o pai deve revelar a religião de Cristo, para que seus filhos possam ver claramente que ele sabe o que é ser um cristão. …

Em nosso trabalho, não devemos esforçar-nos para manter as aparências. Devemos olhar para Cristo, contemplando a espécie de amor que o Pai nos concedeu, para que pudéssemos ser chamados filhos de Deus. E que alegria, que poder nos acompanhará ao fazermos isso! Não será meramente uma empolgação sentimental, mas uma profunda e duradoura alegria. Precisamos apresentar as sólidas verdades da Palavra de Deus, para que essas verdades possam impressionar o coração das pessoas, e para que homens e mulheres possam ser levados a andar nas pisadas do Redentor.

Oro para que vossos olhos sejam ungidos com o colírio celestial, a fim de que possais discernir a verdade do erro. Precisamos cobrir-nos com as vestes brancas da justiça de Cristo. Precisamos andar e falar com Deus. Manuscrito 66, 1905.
Refletindo a Cristo- Meditação Matinal de Ellen White – Pág. 170 –
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis