Translate

domingo, 24 de junho de 2018

Família Unida Pelos Laços do Amor

Refletindo a Cristo

Família Unida Pelos Laços do Amor - 24 de junho

[Ela] fala com sabedoria, e a instrução da bondade está na sua língua. Prov. 31:26.

Sempre que a mãe puder dizer uma palavra de louvor pela boa conduta dos filhos, ela deve fazê-lo. Deve incentivá-los através de palavras de aprovação e expressões de amor. Isto será como que um raio de sol no coração de uma criança, e a levará ao cultivo do respeito próprio e à dignidade de caráter. …

As crianças são de natureza sensível e amorosa. Facilmente ficam alegres e facilmente ficam tristes. Por meio de branda disciplina, através de atos e palavras amorosas, as mães podem ligar os filhos ao coração. Manifestar severidade e ser exigente com as crianças é um grande erro. Firmeza uniforme e controle imparcial são necessários à disciplina de cada família. Dizei o que pretendeis com calma, agi com ponderação, e executai tudo sem vos desviardes do que dissestes.

Valerá a pena manifestar afeto em vossa associação com os filhos. Não deveis repeli-los por falta de identificação com seus esportes, alegrias e pesares infantis. Testimonies, vol. 3, pág. 532.

Crianças de tenra idade são um espelho no qual a mãe pode ver refletidos seus próprios hábitos e conduta, e inclusive verificar a tonalidade de sua própria voz. Quão cuidadosa, então, não deveria ser sua linguagem e comportamento na presença desses pequenos aprendizes que a tomam como exemplo! Se ela deseja que os filhos tenham boas maneiras e sejam tratáveis, ela precisa cultivar esses traços em si mesma.

Quando os filhos amam e depositam confiança na mãe, e são a ela obedientes, aprenderam a primeira lição de cristianismo. …

Em vista da responsabilidade individual das mães, cada mulher deve desenvolver uma mente equilibrada e um caráter puro, refletindo apenas aquilo que é verdadeiro, bom e belo. A esposa e mãe pode ligar o marido e os filhos ao seu coração por incessante amor, demonstrado através de palavras gentis e comportamento cortês, os quais, via de regra, serão copiados pelos filhos.

A polidez não custa nada, e no entanto tem a capacidade de abrandar naturezas que se tornariam duras e rudes sem ela. A polidez cristã deve reinar em cada lar. O cultivo de uma cortesia uniforme, e a disposição de fazer pelos outros o que gostaríamos que fizessem por nós, eliminaria a metade dos males da vida. O princípio contido na recomendação: “Amai-vos cordialmente uns aos outros” (Rom. 12:10), é a pedra fundamental do caráter cristão. … A cortesia cristã é a fivela dourada que une os membros da família por laços de amor que se tornam mais íntimos e mais fortes a cada dia. Health Reformer, agosto de 1877.


Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986– Pág. 181
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis