Translate

sábado, 12 de maio de 2018

Todo Jovem Deve Decidir Por Si Mesmo

Refletindo a Cristo

Todo Jovem  Deve Decidir Por Si Mesmo

Todo atleta em tudo se domina. I Cor. 9:25.
Depende de nós individualmente decidir se nossa vida será dirigida pelo espírito ou pelo corpo. Deve o jovem, por si mesmo, fazer a escolha que moldará a sua vida; e não se deve poupar esforços para levá-los a compreender as forças com que têm de tratar, e as influências que moldam o caráter e o destino.
A intemperança é um inimigo contra o qual todos necessitam estar de sobreaviso. O rápido aumento deste terrível mal deve incitar a uma luta contra ele todo que ama seu semelhante.
A observância da temperança e regularidade em todas as coisas tem um poder maravilhoso. Fará mais do que as circunstâncias ou os dotes naturais para promover aquela doçura e serenidade de disposição que tanto têm que ver com o suavizar do caminho da vida. Ao mesmo tempo o poder do domínio próprio assim adquirido demonstrar-se-á um dos mais valiosos aparelhamentos para lutarmos com êxito no campo dos árduos deveres e realidades que esperam a cada ser humano.
Os “caminhos” da Sabedoria “são caminhos de delícias, e todas as suas veredas, paz”. Prov. 3:17. Que cada jovem em nosso país, com as possibilidades que há diante dele para um destino mais elevado do que o de reis coroados, que cada jovem pondere a lição transmitida pelas palavras do sábio: “Bem-aventurada, tu, ó terra… cujos príncipes comem a tempo, para refazerem as forças e não para bebedice.” Ecl. 10:17. Educação, págs. 202 e 206.
Diz Deus. “Porque eles aumentarão os teus dias e te acrescentarão anos de vida e paz.” Prov. 3:2. “São vida para quem os acha e saúde, para o seu corpo.” Prov. 4:22. “As palavras suaves”, dizem as Escrituras serem não somente favos de mel “para a alma”, mas “saúde para os ossos.” Prov. 16:24.
Os jovens necessitam compreender a profunda verdade que constitui a base da declaração bíblica de que em Deus está “o manancial da vida”. Sal. 36:9. Não somente é Ele o originador de todas as coisas, mas é a vida de tudo que vive. É Sua vida que recebemos na luz solar, no ar puro e agradável, no alimento que constrói nosso corpo e nos sustenta a força. É pela Sua vida que existimos, hora após hora, momento após momento. A menos que estejam pervertidos pelo pecado, todos os Seus dons tendem a dar vida, saúde e alegria.
“Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo” (Ecl. 3:11); e a verdadeira formosura se consegue, não ofuscando a obra de Deus, mas ficando em harmonia com as leis dAquele que criou todas as coisas e que tem prazer em sua formosura e perfeição. Educação, págs. 197 e 198.
Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986.12 de maio – Pág. 138 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis