Translate

sexta-feira, 4 de maio de 2018

Glorificar a Deus no Corpo e no Espírito

Refletindo a Cristo

Glorificar a Deus no Corpo e no Espírito 4 de maio

Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus. I Cor. 6:20.
Como O seguiremos de modo a aprender dEle, que é nosso Mestre? Podemos pesquisar Sua Palavra, e familiarizar-nos com Sua vida e obras. Devemos receber Suas palavras como pão para a nossa alma. Em cada esfera de influência onde o homem for colocado, Jesus ali deixou Suas pisadas. Faremos bem em segui-Lo. Devemos nutrir o Espírito pelo qual Ele falou; precisamos apresentar a verdade como é em Jesus. Precisamos segui-Lo especialmente em pureza de coração, em amor. O eu precisa estar escondido com Cristo em Deus: então, quando Cristo, que é nossa vida, Se manifestar, surgiremos com Ele em glória. …
Pela inspiração do Espírito de Deus, o apóstolo Paulo escreve que tudo o que fizermos, mesmo o ato natural de comer ou beber, deve ser feito não para condescender com um apetite pervertido, mas com um senso de responsabilidade – “fazei tudo para a glória de Deus”. I Cor. 10:31. …
Não posso fazer comigo o que me agrada? perguntam alguns, como se estivéssemos querendo privá-los de um grande bem, quando lhes apresentamos a necessidade de comer inteligentemente, adaptando todos os seus hábitos às leis estabelecidas por Deus.
Há direitos que pertencem a todo indivíduo. Temos uma individualidade e uma identidade que é só nossa. Ninguém pode imergir sua identidade na de outro. Todos precisam agir por si próprios, segundo os ditames de sua consciência. Com respeito a nossa responsabilidade e influência, somos responsáveis perante Deus, pois a vida provém dEle. Não obtemos isto da humanidade, mas unicamente de Deus. Somos Seus por criação e redenção. O nosso próprio corpo não nos pertence para fazermos o que nos aprouver, para debilitá-lo através de hábitos que levam à decadência, tornando impossível apresentar a Deus uma adoração perfeita. Nossa vida e todas as nossas faculdades Lhe pertencem. Ele tem cuidado de nós cada momento: Ele mantém a maquinaria viva em ação; se fôssemos abandonados a fim de operá-la sozinhos, ainda que por um momento, morreríamos. Somos absolutamente dependentes de Deus.
Uma grande lição é aprendida quando entendemos nossa relação com Deus, e Sua relação para conosco. As palavras “não sois de vós mesmos… fostes comprados por bom preço” (I Cor. 6:19 e 20), deveriam ser afixadas na ante-sala da memória, para que reconhecêssemos sempre o direito divino aos nossos talentos, à nossa propriedade, nossa influência, nosso eu individual. Precisamos aprender a tratar esse dom de Deus, na mente, na alma, no corpo, para que como propriedade adquirida de Cristo, possamos prestar-Lhe uma adoração sadia e prazerosa. Special Testimonies, Série A, n° 9, págs. 58 e 59.
Meditação Matinal de Ellen White – Refletindo a Cristo, 1986  – Pág. 130 – 

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis