Translate

segunda-feira, 14 de maio de 2018

Atos 20 Comentário Pr Heber Toth Armí

 ATOS 20 
Comentário Pr Heber Toth Armí

O dom de línguas foi importante no avanço inicial da igreja; porém, a partir daqui não se menciona mais no livro de Atos.

Ele está presente em apenas três circunstâncias durante 30 anos de história (Atos 2:1-11; 10:44-48; 19:1-7). Esse dom não esteve presente no mega reavivamento espiritual registrado em Atos 8:14-17 nem em Atos 6:1-7 – nenhum dos sete diáconos cheios do Espírito Santo que recebeu imposição das mãos falou em línguas. Além de que, embora os apóstolos fizessem inúmeras maravilhas, o falar em línguas não consta na lista (Atos 4:16; 8:7).

O dom de línguas foi uma necessidade urgente no evangelismo. E, o Espírito Santo o dá a quem quer, quando perceber alguma necessidade (estude I Coríntios 14 com atenção). Por isso, até o final de Atos já não se registra mais tal dom.

Paulo pregava em vários países, e, como um homem culto, sabia vários idiomas. Do capítulo em pauta, alguns pontos sobressaem – considerando que, o evangelista havia deixado Éfeso para dar um último giro pela Grécia, passaria pela Ásia Menor, e ansiava chegar a Jerusalém:

1. Da Grécia para Éfeso, Paulo parou em Trôade para despedir-se. Ali o sermão foi muito demorado; Paulo falou noite adentro e, literalmente, matou o jovem Êutico de cansaço. Contudo, ele ressuscitou o jovem, celebrou a ceia, e fortaleceu a fé da comunidade (vs. 1-16).

2. De Mileto, Paulo mandou chamar os líderes espirituais, para uma reunião de anciãos; da qual podemos extrair princípios para nossas reuniões:

• É importante fazer uma retrospectiva do ministério eclesiástico com líderes da comunidade local (vs. 17-21);
• É interessante abrir o coração e revelar os sentimentos ali contidos (vs. 22-24);
• O líder dos líderes deve exortar quanto aos perigos doutrinários e sociais que podem penetrar nos limites da igreja (vs. 25-31);
• Finalmente, incentivar quanto a apegar-se à Palavra de Deus para moldar-se por ela, e a dedicar-se inteiramente ao povo de Deus (vs. 32-35).

Líderes como Paulo são apreciados. Depois de orarem, a despedida “foi um rio de lágrimas. Muitos abraçaram Paulo, não querendo deixá-lo ir... Com muita dor no coração, ales o acompanharam até o navio” sabendo que poderiam não vê-lo novamente (vs. 36-38).

Mais que ser moldado pelo exemplo de Paulo, sejamos modelados pela Palavra de Deus! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis