Translate

sábado, 7 de abril de 2018

João 4 Comentário Pr Heber Toth Armí

JOÃO 4 
Comentário Pr Heber Toth Armí


Você conhece a Cristo? Como avalias teu conhecimento sobre Ele? Que nota darias para tua intimidade e profundidade relacional com Aquele que Se doou completamente para te salvar?

Há cinco níveis no relacionamento com Jesus, do superficial ao mais profundo:
• Nivel 1: Jesus é desconhecido, um mero judeu (v. 9);
• Nível 2: Jesus é respeitado, embora questionado (vs. 11-12);
• Nível 3: Jesus é reconhecido como Senhor; há submissão da pessoa, mas sem interpretar corretamente Suas palavras (v. 15);
• Nível 4: Jesus é visto como profeta, conquanto Ele seja mais que profeta (v. 19);
• Nível 5: Jesus é tido como Ele realmente é, o Messias, Salvador dos pecadores (vs. 25-26).

A intenção de Jesus é que Seus seguidores não sejam superficiais, mas profundos discípulos. Em que nível deste você se encaixa? Jesus nos quer no nível máximo; mas, como saber se estamos no nível mais profundo? O próprio relato inspirado nos ajuda a entender quando estivermos envolvidos intensamente com Jesus.

1. Como só Jesus satisfaz, a pessoa se desapega facilmente de bens materiais, por mais importantes que sejam (vs. 13-14, 28).
2. Experimenta o perdão, transformação e passa por uma mudança radical de vida, sua rotina mudará totalmente (vs. 6-7, 10, 28).
3. Testemunha publicamente com palavras e com a vida a transformação operada por Cristo (vs. 16-18, 28-29).
4. Torna-se instrumento de salvação e graça aos que vivem na desgraça do pecado (vs. 14, 30, 39).
5. Possui fé contagiante, persuasão poderosa e convicção sobrenatural a ponto de conduzir muita gente ao encontro e intimidade com Cristo (vs. 40-42).

Jesus cria estratégia para desenvolver relacionamento íntimo conosco. Contudo, nossos preconceitos e ocupações tornam-se obstáculos para Ele.

Jesus desenvolveu relacionamento com a samaritana (vs. 1-30), com Seus discípulos (vs. 31-38), com os samaritanos (vs. 39-42), com os galileus (vs. 43-45), com um oficial do rei (vs. 46-54), e agora quer desenvolver com você, através destes relatos inspirados...

Do final do versículo 53 “fica bem claro que Deus ama ver as famílias unidas em Cristo. Sua vontade não é que haja famílias divididas no céu. Ele tem todo o cuidado de registrar o fato de que toda a casa creu no Seu Filho” – observa William MacDonald.
Portanto, que haja reavivamento em nossa família! Busquemos-lo! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis