Translate

quinta-feira, 15 de fevereiro de 2018

Firmada na cruz a autoridade de Deus

Refletindo a Cristo

Firmada na cruz a autoridade de Deus, 15 de Fevereiro

Então Jesus lhe ordenou: Retira-te, Satanás,  porque está escrito: Ao Senhor, teu Deus, adorarás, e só a Ele darás culto. Mateus4:10. 

Satanás procurou dar a entender que estava trabalhando pela liberdade do Universo. Ele estava decidido a elaborar argumentos tão variados, tão enganosos e traiçoeiros, que todos ficariam convencidos de que a lei de Deus era arbitrária. Mesmo pendurado na cruz, e afligido por Satanás com suas mais ferozes tentações, Cristo foi vitorioso. ... Exalando o Seu último suspiro, exclamou: “Está consumado.” João 19:30. A batalha havia sido ganha. ... O sangue inocente havia sido derramado pelo culpado. Pela vida que Ele deu, o homem foi resgatado da morte eterna, e selado o destino daquele que tinha o poder da morte.

Unicamente com a morte de Cristo é que o caráter de Satanás foi claramente revelado aos anjos e aos mundos não caídos. Então as mentiras e acusações daquele que havia sido outrora um anjo exaltado, foram vistas em sua verdadeira luz. Viu-se que o seu caráter professamente imaculado era enganoso. Seus planos, traçados pormenorizadamente a fim de exaltar-se supremamente, foram discernidos em sua totalidade. Suas falsidades ficaram claras a todos. A autoridade de Deus foi para sempre confirmada. A verdade triunfou sobre a mentira.  

A imutabilidade da lei de Deus foi demonstrada não apenas às mentes de umas poucas criaturas finitas neste mundo, mas às mentes de todos os habitantes do universo celestial. A conduta de Satanás contra Cristo foi anunciada a todos os mundos. Quando a questão foi finalmente decidida, todos os seres não caídos ficaram indignados com a rebelião. A uma só voz exaltaram a Deus como justo, misericordioso e abnegado. ...

O universo celestial havia testemunhado as armas escolhidas pelo Príncipe da Vida — as palavras da Escritura: “Está escrito”, e as armas utilizadas pelo príncipe do mundo—mentira e engano. Viram o Príncipe da Vida conduzir-Se dentro dos parâmetros retilíneos da verdade, honestidade, e integridade, enquanto o príncipe deste mundo exercia o seu poder de astúcia, manha, intriga, inimizade, e vingança. Viram Aquele que portava o estandarte da verdade sacrificar tudo, até mesmo Sua vida, a fim de sustentar a verdade, enquanto aquele que portava o estandarte da rebelião continuava a intensificar suas acusações contra o Deus da verdade.   

Os mundos não caídos e o próprio Céu estavam assombrados com a longanimidade divina. ... O Senhor demonstrara a Sua sabedoria e justiça em expulsar Satanás do Céu. ... Todos os seres não caídos estão agora unidos em considerar a lei de Deus como imutável... Sua lei tem-se provado perfeita. Seu governo está para sempre seguro. — Signs of the Times, 27 de Agosto de 1902

Este texto vem do livro Refletindo a Cristo, escrito por Ellen G. White

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis