Translate

domingo, 11 de fevereiro de 2018

A lei de Deus e a lei do egoísmo

Refletindo a Cristo

A lei de Deus e a lei do egoísmo, 11 de Fevereiro


Porque, como, pela desobediência de um só homem, muitos se tornaram pecadores, assim também, por meio da obediência de um só, muitos se tornarão justos. Sobreveio a lei para que avultasse a ofensa; mas onde abundou o pecado, superabundou a graça. Romanos 5:19-20.

Adão não decidiu desafiar a Deus; tampouco falou qualquer coisa contra Deus. Ele simplesmente agiu diretamente contrário à Sua ordem expressa. E quantos estão hoje fazendo exatamente a mesma coisa, e sua culpa é de muito maior magnitude, porque eles têm o exemplo da desobediência de Adão, com seus terríveis resultados para adverti-los contra as conseqüências de transgredir a lei de Deus. Eles têm, portanto, clara luz sobre esse assunto, e ficam sem desculpas para a sua culpa em negar e desobedecer a autoridade divina. Adão não parou para pensar no resultado de sua desobediência.

Na posição em que nos encontramos... e com a visão posterior que temos o privilégio de ter, podemos ver o que significa desobedecer aos mandamentos de Deus. Adão cedeu à tentação, e como temos a questão do pecado exposta tão claramente perante nós, podemos ler da causa para o efeito e ver que a importância do ato não é o que constitui pecado, e sim a desobediência da vontade expressa de Deus, que é uma negação virtual de Deus, rejeitando as leis de Seu governo. A felicidade do homem está em sua obediência às leis de Deus. Ao obedecer às leis de Deus ele é como que circundado por uma cerca e protegido do mal.

Nenhum homem pode ser feliz ao abandonar os requisitos específicos de Deus e estabelecer critérios próprios os quais ele acha que pode com segurança seguir. Haveria então uma variedade de critérios a serem ajustados às diferentes mentalidades, o controle seria arrebatado das mãos de Deus, e os seres humanos assumiriam o governo. A lei do egoísmo é enaltecida, a vontade do homem se torna suprema, e quando a elevada e santa vontade de Deus é apresentada a fim de ser obedecida, respeitada e honrada, a vontade humana deseja seguir as suas próprias inclinações, e há conflito entre o instrumento humano e o divino.

A queda de nossos primeiros pais quebrou a cadeia dourada de implícita obediência da vontade humana à divina. A obediência não mais é considerada uma necessidade absoluta. Os instrumentos humanos seguem suas próprias invenções, as quais o Senhor disse que eram continuamente más, ao Se referir aos habitantes do mundo antigo. O Senhor Jesus declara: “Eu tenho guardado os mandamentos de Meu Pai”. João 15:10. Como? Como homem. Eis que venho para fazer a Tua vontade, ó Deus. Às acusações dos judeus Ele respondeu com o Seu caráter puro, virtuoso e santo, e os desafiou dizendo: “Quem dentre vós Me convence de pecado?” João 8:46. — Manuscrito 1, 1892.

Este texto vem do livroRefletindo a Cristoescrito por Ellen G. White.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis