Translate

terça-feira, 6 de fevereiro de 2018

A lei de Deus é a lei do amor

Refletindo a Cristo

A lei de Deus é a lei do amor, 6 de Fevereiro


Amarás, pois, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força. O segundo é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Marcos 12:30-31.

O amor, a base da criação e da redenção, é a base da verdadeira educação. Isto é tornado claro na lei que Deus deu como guia para a vida. O primeiro e grande mandamento... para amar o infinito Deus, o Onisciente, com todas as forças, e de todo o entendimento e de todo o coração, representa o desenvolvimento máximo de cada faculdade. Significa que no ser todo — o corpo, a mente, bem como a alma — deve ser restaurada a imagem de Deus.

Semelhante ao primeiro, diz o segundo mandamento: “Amarás o teu próximo como a ti mesmo.” A lei do amor requer devoção física, mental e espiritual a serviço de Deus e do próximo. E esse serviço, enquanto nos torna uma bênção aos outros, traz a maior bênção a nós mesmos. O altruísmo se acha à base de todo verdadeiro desenvolvimento. ...

Lúcifer desejou ser o primeiro em poder e autoridade no Céu;ele queria ser Deus, a fim de assumir o governo do Céu; e com esse objetivo ele conquistou a simpatia de muitos anjos. Ao ser expulso dos átrios divinos com seu exército rebelde, a obra de rebelião e egoísmo teve prosseguimento na Terra. Através de tentação, condescendência própria e ambição, Satanás provocou a queda de nossos primeiros pais, e desde aquele tempo até o momento presente, a recompensa da ambição humana e da condescendência em desejos e esperanças egoístas, tem sido a ruína da humanidade. 

Sob o controle divino, Adão deveria ser o líder da família terrestre, para manter os princípios da família celestial. Isso teria trazido paz e felicidade. Mas a lei de que “ninguém vive para si mesmo”, Satanás decidiu contrariar. Ele desejava viver para si, e procurou se tornar um centro de influência. Foi isso que incitou a rebelião no Céu, e foi a aceitação humana deste princípio que trouxe o pecado ao mundo. Quando Adão pecou, o homem escapou do centro de influência do Céu. Um demônio tornou-se o poder central no mundo. Onde deveria estar o trono de Deus,Satanás estabeleceu o seu trono. O mundo apresentou suas homenagens,como uma oferta voluntária, aos pés do inimigo. 

A transgressão da lei de Deus trouxe infortúnio e morte como conseqüência. Por causa da desobediência as faculdades do homem ficaram pervertidas, e o egoísmo tomou o lugar do amor. Sua natureza se tornou tão debilitada que lhe foi impossível resistir ao poder do mal. ... O homem havia escolhido um governante que o acorrentou ao seu carro como escravo. ... Cristo veio ao mundo para mostrar-lhe que havia plantado para ele a árvore da vida, cujas folhas são para a cura dos povos. — The Review and Herald, 16 de Janeiro de 1913. 


Este texto vem do livro Refletindo a Cristo, escrito por Ellen G. White


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis