Translate

domingo, 12 de novembro de 2017

Daniel 5 Comentário Pr Heber Toth Armí

Daniel 5
Comentário Pr Heber Toth Armí

 Mais do que uma noite de guerra, as cortinas se abriramm para que os leitores entendam os bastidores espirituais por trás da história.

Neste capítulo você perceberá:

1. Um banquete com pessoas importantes do reino babilônico, o maior império da época (v. 1);
2. A arrogância ousada de Belsazar ao utilizar utensílios do Templo Sagrado de Deus para suas festas depravadas, tomando vinho nas taças sagradas (vs. 2-4);
3. Uma parede recebendo uma escrita estranha por uma mão sem braço deixando o autoconfiante rei mais apavorado do que se tivesse um exército entrando pelos muros de Babilônia (vs. 5-6);
4. Um sábio outrora ignorado demonstrando que somente Deus responde as inquietações de monarcas angustiados, coisa que nenhum mago, mágico ou guru pode fazer mesmo ofertando volumosas recompensas (vs. 7-17);
5. Uma repreensão profética acompanhado de uma comparação espiritual entre Nabucodonosor e o jovem Belsazar, ficando evidente o que Belsazar poderia ter ganhado se tivesse aprendido a lição que seu avô aprendeu 30 anos antes (vs. 17-23);
6. Uma profecia de 30 anos atrás se cumprindo ao pé da letra, antes sendo reiterada de forma graciosa a fim de dar mais uma chance aos que já haviam rejeitado todas as oportunidades dadas por Deus (vs. 24-29).
7. Uma nação inferior conquistando um império mundial, provando o cumprimento de uma profecia que não tinha nenhuma evidência física de que poderia se cumprir naquela ocasião.

Conforme o Dr. Merlyn Alomia, este capítulo...

• ...“registra de forma singular a última noite de Babilônia. Mostra também que Deus conhece com certeza os acontecimentos do futuro e não atua arbitrariamente com os homens, pois Lhes dá a oportunidade de conhecer-Lhe oferecendo-lhes Sua salvação”.
• ...“é o relato da última noite da Babilônia como império. O reino da cabeça de ouro afundou-se no ocaso da eternidade para dar passo a um amanhecer do reino de prata. Babilônia inteira provou a veracidade da profecia divina, com isso também, o método histórico de interpretação histórico estreou novamente a certeza de sua posição e validade”.
• ... mostra que, “a forma como caiu a antiga Babilônia é uma figura do modo como cairá a Babilônia mística de hoje”.

Estude Daniel 5 paralelamente a Apocalipse 17 e 18 e entenderás como Deus julgará as potências mundiais! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis