Translate

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Ezequiel 13 Comentário Pr Heber Toth Armí

Ezequiel 13
Comentário Pr Heber Toth Armí

A intolerância divina à interpretação espúria de Suas palavras deve nos fazer refletir na veracidade e importância delas para nossa vida quando bem interpretadas.

No final do capítulo anterior Deus corrigiu a incredulidade e a indevida interpretação dos ouvintes das profecias de Ezequiel. Agora, o profeta pronuncia condenação aos falsos profetas e profetizas que intentaram formar a opinião do povo para desacreditar a Palavra de Deus.

• Deus condena profetas que se autodenominam Seus mensageiros, que se creem inspirados, mas não são. O que são, então? São charlatães egoístas espiritualmente, analfabetos quanto à teologia, e pobres na religião verdadeiramente bíblica (v. 1).

• Deus não enviou profetas que falam mensagens do próprio coração. As palavras do verdadeiro profeta são proferidas pelo Espírito Santo através do personagem, seja este homem ou mulher, independente da época e lugar (vs. 1-3).

• Deus não apoia profetas que premiam ao pecador e dizem que está tudo bem quando a moral decai, e é só crer em Deus que tudo dará certo. Quem se levanta e não denuncia pecados do povo, que ignora o juízo apresentado por Deus contra o pecado, é falso profeta e não acrescenta vida espiritual nem moral em seus ouvintes. O que eles fazem? Alimentam falsas esperanças e fortalecem as pessoas no apego ao pecado, à imoralidade e à perversidade religiosa (vs. 4-10).

• Deus julga aos falsos profetas. Estes serão condenados e sofrerão terríveis consequências por deturparem e minarem o poder das palavras dos verdadeiros mensageiros de Deus (vs. 13-16).

• Deus revela o problema na vida dos falsos profetas. Além de autoproclamarem profetas, eles usam práticas duvidosas para fortalecer as falsas promessas por eles proferidas. Exploram ao povo intentando obter recompensas materiais. Falam para agradar visando serem bem quistos em busca de autoridade e fama (vs. 17-19).

• Deus é intolerante com falsos profetas porque estes humilham aos justos e exaltam aos ímpios, incentivam a prática do pecado que levou o povo à disciplina. Por tudo isso, Deus destruirá as práticas espiritualistas e a influência deles (vs. 20-23).

A ignorância espiritual faz o povo apreciar pregadores que Deus não tolera. Muitos estão embriagados com doutrinas de demônios (I Timóteo 4:1). Quanto mais estudarmos as Escrituras Sagradas será mais fácil rejeitar falsos mensageiros.

Não se deixe enganar, reaviva-te! – Heber Toth Armí #ebiblico #rpsp #rbhw
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis