Translate

sábado, 12 de agosto de 2017

Jeremias 18 Comentários Pr Heber Toth Armí

Jeremias 18
Comentários Pr Heber Toth Armí


Deus é misericordioso e paciente, porém, não ignorante nem negligente. Ele demonstra paciência com Israel e Jeremias. Antes de aprofundar-se no capítulo, amplie tua visão nesta citação de John MacArthur:

“Há uma estreita ligação entre o cap. 17 e os caps. 18-20. A destruição está em pauta (cap. 17), mas o arrependimento pode impedir que ele venha (18.7-8). Contudo, o arrependimento não acontecia (18.12), de maneira que a imagem da botija despedaçada de Jeremias ilustra Deus despedaçando Israel como castigo (cap. 19). Então, o espírito da rejeição (cf. 19.15) levaria à perseguição do porta-voz de Deus (cap. 20)”.

Jeremias 18 oferece-nos estes excelentes pontos para reflexão:

• Feito do barro pelo próprio Deus, pessoas são como jarros moldados pelas mãos do oleiro Criador, nisso reside seu valor.
• O jarro deve ser usado para o propósito para o qual foi feito; mas, diferentemente do jarro de barro, o povo de Deus “declara que andará consoante os seus próprios projetos”, observa William MacDonald.
• Contrastando com o jarro, o povo possui comportamento antinatural: insubordinação e rebelião. A criação irracional obedece, a criação racional desobedece. “A neve não abandona o Líbano, mas Israel se esqueceu da fonte de água viva da qual a água da vida flui para a terra” (C. F. Keil).
• Desprezo pelo Criador faz o pecador submeter-se a conceitos e líderes falsos. Perde-se a percepção. Interpreta-se às avessas a vontade de Deus. Ignora-se que suas escolhas resultarão em autodestruição.
• Deus observa e faz tudo para salvar, mas quem O despreza terá de enfrentar Seu juízo. Deus não é ignorante, nem negligente!
• O pior ódio é o religioso; por não conseguir atacar Deus o alvo torna-se Seus mensageiros. “O povo de Jerusalém forja projetos contra Jeremias, afirma que continuará a confiar em seus próprios sacerdotes e profetas e tramam atacá-lo por meio da difamação” (MacDonald).
• Ao amadurecer, o mensageiro de Deus começa a entender melhor as coisas. Assim se deu com Jeremias, e o mesmo pode dar-se conosco.

A ignorância é um problema que nem Deus resolve se não houver humildade. Então, ore: “Eu quero ser, Senhor amado, como vaso nas mãos do oleiro. Quebra minha vida e faze-a de novo. Eu quero ser... um vaso novo”. “Renova-me, Senhor Jesus. Já não quero ser igual...” – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis