Translate

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Liqüidado

Liqüidado, 6 de Julho


Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de aborrecer-se de um e amar ao outro, ou se devotará a um e desprezará ao outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas. Mateus 6:24.

Tão gradual foi a apostasia de Salomão que antes que dela se advertisse, tinha-se afastado de Deus. Quase imperceptivelmente começara a confiar cada vez menos na divina guia e bênção, e a pôr a confiança em sua própria força. ...

Dominado por um subjugante desejo de superar outras nações em exibições exteriores, o rei subestimou a necessidade de adquirir beleza e perfeição de caráter. Procurando glorificar-se a si mesmo perante o mundo, vendeu sua honra e integridade. ... O espírito considerado, consciencioso, que lhe havia assinalado o trato com o povo durante a primeira parte de seu reinado, estava agora mudado. Do mais sábio e mais misericordioso dos reis, ele se degenerou num tirano. Outrora guardião do povo, compassivo e temente a Deus, tornara-se opressor e despótico. — Profetas e Reis, 55, 56.

Os possuidores de dinheiro devem aprender uma lição da história de Salomão. Os que são competentes estão em constante perigo de pensar que dinheiro e posição lhes garantirão o respeito, e que não precisam ser muito exatos. Mas a exaltação própria é apenas uma bolha de sabão. Abusando dos talentos que lhe foram concedidos, Salomão apostatou de Deus. Quando Deus concede prosperidade aos homens, devem eles precaver-se de seguir as imaginações de seu coração, para não porem em perigo a simplicidade de sua fé e deteriorarem sua experiência religiosa. — Manuscrito 40, 1898.

A lição que nos toca aprender da história daquela vida pervertida é a necessidade de confiar continuamente nos conselhos de Deus; vigiar cuidadosamente a tendência de nosso procedimento, e reformar todo e qualquer hábito tendente a nos afastar de Deus. Ensina-nos que são necessários grande cuidado, vigilância e oração para manter incontaminada a simplicidade e pureza de nossa fé. Se queremos subir à mais elevada excelência moral, e alcançar a perfeição do caráter religioso, quanto discernimento devemos usar na formação de amizades, e na escolha do companheiro para a vida! — The S.D.A. Bible Commentary 2:1031.


Este texto vem do livro devocional Vidas que Falam pelo Ellen G. White.
Para ver mais de seus livros, visite egwwritings.org
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis