Translate

sexta-feira, 12 de maio de 2017

Eclesiastes 12 – Comentário Pr Heber Toth Armí

Eclesiastes 12 –
Comentário Pr Heber Toth Armí


O livro não poderia encerrar com uma conclusão melhor. Você precisa ler!

“Eclesiastes pede uma resposta pessoal a Deus em conexão com estes dois eventos: ‘Lembra-te de teu Criador’ (12:1), ‘Teme a Deus e guarda os Seus mandamentos’ (12:13). E, para que estes dois convites sejam seriamente considerados, insere entre eles um parêntese sobre a autoridade e a inspiração de suas obras (12:9-12)”.

Jacques Doukhan ainda destaca que o texto de 12:2-6 “não é sobre a velhice, como geralmente se interpreta, mas sobre o tempo do fim [...]. A expressão [‘os dias maus’] é única em toda a Bíblia [...]. A forma em que se apresentam os eventos é típica de uma linguagem escatológica: ‘Quando’ (12:3), literalmente, ‘no dia em que’. Esta é a forma em que se apresenta o dia grande dia da vinda de Deus nas profecias bíblicas [Joel 3:14-18; Zacarias 3:10]”.

Observe mais estes detalhes:

• O sol escurece (12:2; Joel 2:10-11, 31; Marcos 13:24, 26).
• O florescer da amendoeira (12:5) equivale ao tempo de Deus agir (Jeremias 1:12).
• A mulher que parou de trabalhar no moinho (12:3) sugere catástrofe repentina, seguido por silêncio pelo fechamento das portas – fim das atividades sociais e econômicas (12:4; Mateus 24:41).
• Há atmosfera de desolação e mortes absolutas (12:4-5; Jeremias 4:23-28);
• A humanidade vai para a tumba. É o fim do mundo (12:6-7).

Temer a Deus é uma filosofia de vida (12:13-14; Salmo 33:18; Jó 28:24-28; Deuteronômio 10:12-14; Eclesiastes 3:14; 5:7; 7:18; 8:12). “O temor de Deus é a essência da religião bíblica. Não é um sentimento etéreo ou uma doutrina abstrata; é uma relação dinâmica. Para Eclesiastes, o temor de Deus é a implicação direta do Juízo... (12:14)”, comenta Doukhan.

Compare tudo isso com Apocalipse 14:6-12. Ali é citado o juízo vinculado ao temor a Deus e à guarda dos mandamentos. A mensagem de Eclesiastes deve ser tão estudada e pregada quanto à de Apocalipse.

O Pregador, diz o Dr. Ruben Aguilar, “deseja, com muita paixão, que seus ouvintes reconheçam que tudo na vida, sem fé, sem lei e sem a presença do juízo, é uma vã ilusão: ‘Vaidade de vaidade, diz o Pregador, tudo é vaidade’ (Eclesiastes 12:8)”.

Qual filosofia de vida vais aderir? A de Deus ou a tua própria? Reflita! – Heber Toth Armí #rpsp #rbhw #ebiblico
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis