Translate

domingo, 9 de abril de 2017

Provérbios 10 Pr Heber Toth Armí

Provérbios 10
Pr Heber Toth Armí

A Bíblia é fonte da mais pura verdade, e da legítima sabedoria. De suas sagradas páginas destilam a sabedoria que precisamos desesperadamente para viver a mais plena alegria.

Os provérbios são originais de Salomão ou compilados pelos servos de Ezequias. São frutos de uma época de reavivamento e interesse espiritual. O início da regência de Salomão em Israel caracterizou-se pela dedicação espiritual, enquanto nos dias de Ezequias houve um despertamento religioso em Judá, após grande período de idolatria.

• Reavivemanto tem tudo a ver com sabedoria.

Até agora Provérbios focou no valor da sabedoria (Provérbios 1-9), formando assim uma grande introdução ao livro e incentivando o leitor a buscar a preciosa sabedoria com o Senhor. A partir do capítulo em questão, veremos o exemplo da sabedoria (Provérbios 10:1-22:16).

Obtenha visão mais detalhada do livro, antes de avançarmos:

• De Provérbios 10:1 a 22:16 temos 375 sentenças proverbiais escritas por Salomão.
• Nos capítulos 25 a 29 temos 128 sentenças proverbiais escritas por Salomão, porém compiladas pelos homens de Ezequias.
• Em Provérbios 22:17 a 24:22 temos uma miscelânea de sentenças anônimas. Certamente não são de Salomão.
• Em Provérbios 24:23-34 são acrescentados mais provérbios compilados de sábios diversos.
• O capítulo 30 contém provérbios de um pensador árabe. Agur não era israelita.
• O capítulo 31 foi provavelmente escrito por uma mulher, e depois transcrito pelo seu filho, o rei Lemuel, também não-judeu.

Faça anotações! Olhe estas seções em tua Bíblia – estas informações supracitadas estão no início de cada seção. Isso é importante; há preciosas lições, tais como:

• Deus não faz acepção de pessoas;
• Deus não deu inspiração somente aos judeus;
• Deus não foi exclusivista na seleção dos que escreveriam Suas Palavras: Houve homens e mulheres, judeus e não-judeus.

O capítulo 10 de Provérbios ensina-nos que:

• Sabedoria traz alegria, prosperidade e vida – está relacionada com Deus; porém, insensatez resulta em tristezas, angústia, ruína e pobreza – está desvinculada de Deus (vs. 1-4).
• Enquanto os bens do insensato/louco/ignorante lhe dão desgostos, os bens adquiridos com sabedoria resultam em satisfação e alegria (vs. 2-6; 15-17).
• Os ignorantes usam incorretamente as palavras, os sábios usam para o bem (6-14, 18-21, 31-32).
• A sabedoria relaciona-se com piedade, religiosidade e espiritualidade; o desprezo a Deus gera ingenuidade, a qual promove a imoralidade (vs. 22-30).

Reavivemo-nos! – Heber Toth Armí #rpsp #ebiblico #rbhw
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis