Translate

sábado, 1 de outubro de 2016

Jó 12 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Jó 12

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

Três contra um! Um trio irredutível em seus argumentos mesmo diante de provas contundentes. Jó e suas declarações eram as provas de que os justos sofrem, contra os argumentos de que o sofrimento era punição aos pecadores impenitentes. Que desafio para Jó!

É normal o abandono até dos amigos quando se perde tudo (Lucas 15:11-16). Mesmo que muitos abandonaram a Jó, seus amigos estavam com ele. Embora eles não fossem compreensivos, a fidelidade de Jó a Deus se fortalecia.

• Apesar dos pesares, o sofrimento extrai de nós muitas coisas boas.
Jó vasculhou fundo em sua mente visando encontrar respostas aos seus confrontadores. Isso é positivo! O ferro afia o ferro assim como relacionamentos influenciam no desenvolvimento do caráter. Não importa o tipo de amigo, no relacionamento, o fiel servo de Deus amadurecerá seu caráter. Com fé em Deus e atitude positiva é possível crescer/aprender até mesmo nas condições mais negativas.

• Jó mostra aos amigos que supõem-se mais sábios que é universal a suposta sabedoria mais elevada deles; suas verdades filosofadas não eram nenhuma novidade para ele (vs. 1-3).

• Jó intentava mostrar que, a crença tradicional na teologia da retribuição não condizia com os fatos. Nem todo sofrimento vem por algum pecado cometido. Em outras palavras, as provas indicavam o contrário da crença popular, que inclusive parece que Jó era adepto (vs. 4-6).

• Jó mostra que o conhecimento é universal, a natureza ensina muitas verdades aos que param para observá-la atentamente. A sabedoria natural é acessível a todos, mas a sobrenatural é exclusiva de Deus (vs. 7-13).

• Jó, em sua ignorância ao tema do grande conflito – entre um Satanás poderoso, agente do mal, e um Deus Todo-poderoso agente do bem – enfatiza aspectos negativos da criação/natureza relacionados com Deus. Sua teologia é confusa (vs. 14-25).

Como alguém na escuridão buscando luz, a pressão psicológica dos amigos de Jó o fez procurar por saída, solução e explicação. A falta de compreensão do grande conflito impede até os mais sábios de entender sua história e seu mundo.

• O causador do mal é Satanás; Deus só investe no bem!
• O destruidor é Satanás; Deus é o Criador!

Desconsiderar a existência de Satanás leva a interpretações equivocadas do caráter de Deus!

Como Jó, muitas pessoas carecem destas verdades... 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis