Translate

quinta-feira, 16 de junho de 2016

I Crônicas 3 Comentários do Pr. Heber Toth Armí

I Crônicas 3

Comentários do Pr. Heber Toth Armí

O livro de Crônicas é tão inspirado quanto os 27 livros do Novo Testamento. Deixar de estudá-lo significa ignorar alimento espiritual que fortalece a fé, orientar a vida espiritual, além de ser mais um meio estratégico de conduzir-nos ao reavivamento.

A data do livro “é pós-exílica, e os livros [de Crônicas] aparecem no final da terceira parte do cânon hebraico, no local onde está Malaquias” observa Merril F. Unger.

As genealogias de Crônicas relembram a condução da história judaica pelas mãos divinas visando evangelizar ao mundo. Deus é um missionário nato, totalmente envolvido com inúmeras estratégias missionárias.

O capítulo em questão foca a tribo de Judá, “Judá aparece primeiro porque é dessa tribo que viria o Messias (Gn 49.8-12). Traça-se a linhagem de Davi a Zedequias [capítulo 3], e dão-se genealogias adicionais de Judá em 4.1-23” diz Unger.

• As esposas e filhos de Davi (vs. 1-3);
• Filhos de Davi nascidos em Jerusalém (vs. 4-9);
• Linhagem de Davi durante o cativeiro babilônico (vs. 10-16);
• Linhagem de Davi após o retorno do cativeiro (vs. 17-24).

Com nobres propósitos teológicos em mente, o autor de Crônicas, inspirado pelo Espírito Santo, incluiu vários nomes e omitiu outros. Por exemplo, é possível que Davi tivesse outras filhas além de Tamar, porém mencionou apenas ela para relembrar o leitor de que Davi, por suas muitas mulheres, com seus muitos filhos meio-irmãos, esta família real não foi perfeita.

Contudo Deus não se afastou da família de Davi. No final do cativeiro babilônico, é evidente um remanescente desta família:
• Senazar ou Sesbazar, foi quem liderou o primeiro grupo de judeus libertos do cativeiro, e deu início à fundação do Templo de Jerusalém que estava em ruínas (Esdras 1:8-11; 5:15-17).
• Zorobabel, provavelmente o mesmo descrito em Esdras 3:2, 8; 5:2; Neemias 12:1 e Ageu 1:12, 14; 2:2-23. O Comentário Bíblico Adventista declara: “Possivelmente seja o nome do príncipe com o qual Josué, o sumo sacerdote, conduziu os judeus no retorno do exílio, em cumprimento do decreto de Ciro”.

Amigos, nada nos separa do amor de Deus, nem o cativeiro, nem nossa desobediência, nem mesmo nosso pecado. E como entender Isaías 59:2? Lendo primeiramente Romanos 8:32-39 e, depois Lucas 18:26-27

Deixe Deus cuidar de tua família. Ele a quer salva!
Reavivemo-nos!  Heber Toth Armí / #rpsp #rbhw #ebiblico


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis