Translate

quarta-feira, 20 de abril de 2016

II Samuel 17 Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Leitura Bíblica – II Samuel 17
Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

A destruição dos planos de Deus é o objetivo incessante de Satanás. Contudo, os planos divinos para tua vida não ruirão se tua confiança estiver firmada no Senhor, apesar das falhas, imprudências e quedas espirituais.

Absalão queria usurpar o trono de Davi, seu pai. Aquele que não hesitou matar seu irmão Amnon, estava determinado a matar seu pai. Sobre essa guerra civil entre pai e filho, Warren W. Wiersbe observou:

“Absalão estava confiando em seu charme, em sua popularidade, em seu exército e na sabedoria de Aitofel, porém Davi confiava no Senhor [Salmo 61:1, 2]”.

1. Absalão chamou dois conselheiros: Aitofel e Husai:
• Aitofel sugeriu-lhe agilidade, intrepidez e ação imediata com apenas 12.000 homens à noite no combate a Davi – o que teria dado certo, Davi seria derrotado (vs. 1-13);
• Husai deu um conselho mais bem elaborado, aparentemente mais seguro e certeiro; mas sua execução seria mais morosa e daria tempo para avisar a Davi (vs. 14-22).

2. Sabendo Aitofel da decisão de Absalão sobre a aceitação do plano de Husai, com seu discernimento aguçado visualizou a derrota do filho do rei; então, suicidou-se (v. 23).

3. Deus cuidava de tudo: Dissipou o bom conselho de Aitofel (v. 14), preservou a vida e proveu sustento ao rei escolhido por Ele (vs. 24-29).

O pecado traz terríveis consequências. Davi está colhendo o que plantou; todavia, Davi “manifestou disposição para receber a correção de Deus e, confiante, voltou-se para Ele como Sua única esperança. Deus recompensou a humilde confiança que Davi depositou nEle, anulando o conselho de Aitofel e preservando-lhe a vida”, comenta Ellen G. White.

Note estes princípios:

1. Está claro no currículo de Davi que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus; confiando nEle, veremos esse princípio em nossa vida também (Romanos 8:28).

2. Assim como no relato o filho queria a morte do pai, por amor a Deus atraímos ódio mortal de pessoas descomprometidas com Ele (Romanos 8:36).

3. Contudo, absolutamente nada (nem tribulação, nem angústia, nem perseguição, nem fome, nem nudez, nem perigo, nem espada) nos separa do amor de Cristo; e, se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8:31-35).

Então, por que não reavivar tua confiança em Deus? Entregue-se! Confie! – 



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis