Translate

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Ninguém deve cruzar os braços

Leitura Bíblica - Números 7

Ninguém deve cruzar os braços
Comentários: Pr.  Heber Toth Armí

Graças a graça divina podemos encontrar esperança e paz neste deserto causticante da vida.

Não temos o privilégio de transportar as pesadas mobílias do sagrado lugar da habitação de Deus pelo desafiante deserto, mas temos privilégios e responsabilidades de noticiar ao mundo a existência e a importância do Santuário Celestial.

Há quem favorece ao avanço do reino de Deus no mundo, mas há também quem é um estorvo. Há pedras de tropeço dentro e fora da igreja. Nunca deveríamos regredir por causa destes percalços. Nunca deveríamos abandonar nosso compromisso com a igreja de Deus por causa de pessoas problemáticas.

Não é somente através do voto nazireu que alguém se doava a Deus consagrando-se inteiramente ao Seu serviço. Mediante dons, talentos e recursos entregues a Sua causa também poderia consagrar-se a Ele.

Baseado em R. Dennis Cole, temos a seguinte estrutura deste capítulo:

1. Marco histórico e introdução (vs. 1-11);
2. Descrição dos presentes das tribos (vs. 12-83);
3. Resume das ofertas presenteadas (vs. 84-88);
4. Jeová fala com Moisés no Tabernáculo (v. 89).

“Os chefes das tribos contribuíram com carros e bois para o transporte do tabernáculo. Embora as ofertas sejam identificadas por tribo, são registradas em detalhes [...] porque o Senhor dispensa atenção especial às ofertas de Seu povo e porque, para Ele, as ofertas são de caráter pessoal” (Merril F. Unger).

A reação de Deus foi impressionante diante da disposição dos príncipes ao ofertarem 28 quilos e 800 gramas em peças de prata, 1 quilo e 440 gramas em utensílios de ouro vivendo no deserto, mais os 250 animais sacrificados. Deus falou (v. 89) cumprindo o que prometera em Êxodo 25:22.

Na obra de Deus alguns ajudam diretamente, carregando muitas e pesadas responsabilidades nos ombros; outros, com pesados recursos financeiros; ninguém, porém, deve cruzar os braços e esperar ser honrado como se fosse Deus – isso pode ser a razão de muitos descartarem a religião bíblica.

Preguiça, omissão, apatia e indiferença diante da obra de Deus impede a graça de Sua presença, mas nossa demonstração real de interesse por Deus resulta em demonstração real de Seu interesse por nós.

Deus Se entrega a nós e nós nos entregamos a Ele com tudo o que temos. É disso que Ele Se alegra... Heber Toth Armí



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis