Translate

sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Prontidão Divina para perdoar

Prontidão Divina para perdoar 
Zacarias 3

 “E ele mostrou-me o sumo-sacerdote Josué, o qual estava diante do anjo do Senhor, e Satanás estava à sua mão direita, para se lhe opor. Mas o Senhor disse a Satanás: O Senhor te repreenda, ó Satanás, sim, o Senhor, que escolheu Jerusalém, te repreenda; não é este um tição tirado do fogo? Josué, vestido de vestes sujas, estava diante do anjo. Então respondeu, aos que estavam diante dele, dizendo: Tirai-lhe estas vestes sujas. E a Josué disse: Eis que tenho feito com que passe de ti a tua iniquidade, e te vestirei de vestes finas. E disse eu: Ponham-lhe uma mitra limpa sobre a sua cabeça. E puseram uma mitra limpa sobre a sua cabeça, e vestiram-no das roupas; e o anjo do Senhor estava em pé.” Zacarias 3:1-5

Josué era o sumo-sacerdote no tempo do retorno do exílio, e Zorobabel, o governador. O sumo-sacerdote estava oficiando seu trabalho, intercedendo pelo povo. Suas vestes estavam sujas de sangue que ele aspergia diante do lugar santíssimo. Josué descuidou-se e deixou a roupa sujar-se. Quando ele entrava na presença de Deus devia ter as vestes puras. Foi aí que Satanás se apresentou e o acusou. Com certeza, Josué envolveu-se emocional e espiritualmente nesta questão e logo confessou a sua culpa, e Deus o perdoou, como vimos no texto.

Josué, como líder espiritual, também cometeu esse erro; e, com certeza, deve ter cometido outros erros durante a sua vida. Isso mostra que os pastores e líderes de igreja são passivos de cometer erros e de serem repreendidos por Deus. O mais importante, na questão de renovação espiritual, é não continuarmos nos mesmos erros achando que a graça de Deus é uma espécie de capa para cobrir pecados não confessados. Deus só perdoa os pecados quando há arrependimento sincero e quando são confessados.

 Veja este texto: “Quem não possui suficiente fé em Cristo para crer que Ele pode guardá-lo de pecar, não tem a fé necessária para entrar no reino de Deus.” Ellen G. White, Review and Herald, 10/03/1904

 Quão pleno é o perdão de Deus? Veja estes textos: “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça.” I João 1:9

“Porque serei misericordioso para com suas iniquidades, E de seus pecados e de suas prevaricações não me lembrarei mais.” Hebreus 8:12


“Visto que temos um grande sumo-sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo-sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” Hebreus 4:14-16

Fonte :Visões de esperança (Zacarias) – comentários da lição Escola Sabatina 8 a 15/06/2013
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis