Translate

sábado, 27 de setembro de 2014

Miquéias 1 - Comentários:

Miquéias 1
Comentários: Pr. Heber Toth Armí

Após andar lamentando e pranteando, esfarrapado e descalço, vivendo como coiote, sem parar de gemer como “coruja triste durante a noite”, Miqueias revelou o motivo desse comportamento: Empatia! (vs. 8-9).

Como disse Kely M. Yates: “É bom encontrar um nobre defensor dos pobres que tenha a coragem e a capacidade de proferir uma mensagem eficaz. A intimidade com seus patriotas lhe possibilitou desafiá-los, com ânimo e brilhantismo, a uma vida de justiça e respeito. Sua compaixão pelos oprimidos transparecia em palavras inesquecíveis; seu espírito ardia em ira santa ao ver as injustiças praticadas contra seus vizinhos. Esse jovem do interior se tornou um poderoso pregador e defensor dos pobres...”.

Tal observação aparentemente singela nos ensina muitas coisas que devemos atentar. É sabido que muitos leigos possuem maiores influências que teólogos. Nas palavras de John A. Broadus, escritor de um clássico sobre pregação, “um motivo pelo qual pregadores incultos, muitas vezes, tem tanto poder com as massas é que eles compreendem e simpatizam totalmente com as pessoas a quem se dirigem, enquanto os pregadores cultos às vezes não conseguem”.
Portanto,

1. Temos de convidar as pessoas a ouvirem a voz de Deus e a indignação do Seu coração por causa de nossa indiferença (vs. 1-2);

2. Temos de apresentar com clareza, convicção e ousadia ao Deus santo que não tolera o pecado (vs. 3-5);

3. Temos de apresentar qual a sentença divina contra o pecado no dia do juízo final (vs. 6-7);

4. Temos de simpatizarmos com o povo, chorar com os que choram e sofrer com os sofredores, antes do juízo (vs. 8-9);

5. Temos de ser criativos em nossas mensagens; com aplicações diretas tocar em cada ferida para curá-la (vs. 10-16). Veja: “Derramai lágrimas por Lagrimópolis, rastejai no pó por Posópolis. Segue nua estrada afora, ó Formosópolis. Movimentópolis, não ouses se mover. Arreia teu corcel e parte, ó Equinópolis... Os reis de Israel sempre se veem embaraçados diante de Embaraçópolis” (vs. 10-14, Moffat).

Miqueias é profeta, evangelista e reformador social. Ele não se conforma com uma igreja sem reavivamento e reforma. Ele não se cala. Ele adverte. Ele não critica, mas reprova. Ele não acusa, mas repreende.

Não devemos conformar-nos com uma igreja que não influencia a sociedade. Aprendamos com Miqueias.

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis