Translate

sexta-feira, 12 de setembro de 2014

Lições de Vida - Joel 3

Joel 3
Comentários: Pr. Heber Toth Armí
O mundo está infectado pelo mal. Por todo lado se vê os efeitos destrutivos de Sua presença. O mal deteriora tudo, corrói sem dó e sem piedade. Aqueles que não se posicionam ao lado de Deus (a fonte do bem), combatem aos bons. O povo de Deus tem um histórico de dor e martírio porque os maus nunca toleraram os servos do bem.

Contudo, a frase “No fim tudo dá certo, se ainda não deu é porque o fim ainda não chegou” encaixa perfeitamente neste texto profético de Joel. O juízo divino vindicará aos que sofrem por causa do bem; o que, automaticamente, resulta na destruição do mal. No fim o bem ganhará, mas para isso, o mal precisará ser destruído.

Este capítulo pode ser assim resumido (segundo Hernandes Dias Lopes):
1. A corte – Deus entra em juízo com os ímpios (vs. 1-8);
2. A colheita – Os ímpios se reúnem para o juízo final (vs. 9-13);
3. A tempestade – A chegada do dia do Senhor (vs. 14-17);
4. O jardim – o mundo restaurado de Deus (vs. 18-21).

Ainda que, primariamente, esta profecia destinava aos israelitas, ela não se cumpriu por não terem cumprido as condições traçadas por Deus no capítulo anterior: preparação, consagração, reavivamento e reforma; portanto, agora tornou-se incondicional a fim de que Deus acabe de vez com o mal, independente de nossa decisão (ou indecisão).

O grande conflito entre o bem e o mal continua; entretanto, está com os dias contados. Deus julgará e agirá. Antes disso, as nações do mundo participarão da confederação encabeçada por Satanás para atacar Cristo por meio da opressão a Seu povo. Porém, Deus intervirá e vencerá para dar vitória aos Seus filhos.

Esta grande destruição mundial dos maus não fere a doutrina da graça de Deus? A exorbitante ênfase dada à graça desequilibra a essência divina que, além de amor, é justiça. Atualmente prega-se graça sem juízo, que gera amor sem compromisso, resultando no vale da indecisão.

O profeta proclamou condenação, e apresentou a graça para livrar-se dela. O juízo trará libertação total; a destruição do mal é necessária para a reconstrução do bem e do mundo. Não há meio termo: é Deus ou nada!
Não fique no vale da indecisão! Decida-se por Deus!

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis