Translate

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

‘O SENHOR ESTÁ ALI’-Ezequiel 48

‘O SENHOR ESTÁ ALI’

Pr. Heber Toth Armí

O que é mais importante dentre tudo o que é importante? Como deveria terminar o livro de Ezequiel em seu 48º capítulo? O profeta termina com mensagens magníficas. Ele chega ao ápice no último capítulo. É a sobremesa. É a cereja do bolo.

Veja o resumo, conforme Siegfried J. Schwantes:

1. Os termos das sete tribos ao norte da região sagrada (vs. 1-7);
2. A região sagrada dividida entre os sacerdotes, os levitas, a cidade e o príncipe (vs. 8-22);
3. Os termos das outras cinco tribos (vs. 23-29);
4. As portas da cidade (vs. 30-35).

Para quem havia sido levado cativo, essa verdade era empolgante. Estas palavras enchiam o coração de esperança daqueles que ainda confiavam em Deus. João amplia a visão de Ezequiel, no último livro da Bíblia – o Apocalipse. Schwantes observa: “O Apocalipse também fala da Nova Jerusalém com suas doze portas, cada uma das quais leva o nome de uma das tribos de Israel”.

Desta forma, a mesma alegria dos judeus na Babilônia resultante desta profecia deveria fazer vibrar nosso coração, que perdemos nossa liberdade, o Jardim do Éden e o contato direto com Deus por causa do pecado e suas terríveis consequências.

Após falar da restauração e distribuição da terra, as últimas palavras do livro são (na versão A Mensagem):
“A partir de agora, o nome da cidade será JAVÉ-SHAMÁ: ‘O SENHOR ESTÁ ALI’”.

Nas palavras de Schwantes, “esta visão grandiosa conclui [...] com chave de ouro. Nada mais significativo poderia ser dito. Ezequiel que vira a glória de Deus abandonar a cidade (caps. 1 e 11), vira também esta glória voltar ao novo Templo (43:1-9)”. Deus quer a companhia de Seu povo e promete ser presente.

Essa verdade é tão real que Jesus, o Emanuel, Deus conosco, veio a este mundo e habitou entre nós. Deus quer relacionamento conosco, tanto quando almejava pela companhia humana antes do pecado. O problema é que após o pecado não mais apreciamos a presença de Deus.

Estas profecias de Ezequiel deveriam nos fazer refletir: Prefiro a companhia do pecado ou do santo Deus? Gosto mais da presença do maligno ou do Deus bendito que ama, perdoa e restaura? Creio nessas profecias?
(adaptado)

Imagens do Google – editado por Palavra Eficaz
Curta e compartilhe:

 “Antes de buscar a ajuda dos homens busque a ajuda de Deus.”

Comentários bíblicos de Gênesis até hoje você encontra em:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Receba em seu e-mail nossas mensagens

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

AddThis